quinta-feira, fevereiro 07, 2013

Pílula do dia seguinte: como tomar, como actua e efeitos secundários

Pílula do dia seguinte: como tomar, como actua e efeitos secundários

A pílula do dia seguinte é um método contracetivo de emergência que deve ser usado quando algum dos métodos convencionais falha e esporadicamente.


Como deve tomar? Quanto mais rápido, após o contacto sexual, melhor. Idealmente deve ser tomada até 72 horas (3 dias) após o contacto.

Como atua? A pílula do dia seguinte inibe ou adia a ovulação, a fertilização (encontro espermatozoide com o óvulo) ou a nidição (fixação do ovo na parede do (útero).
Efeitos secundários: náuseas, vómitos, hemorragia irregular (idêntica à menstruação), tensão mamária, dores de cabeça (cefaleias) e cansaço.

Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.