quinta-feira, março 07, 2013

Autoexame dos testículos e do escroto

Autoexame dos testículos e do escroto

autoexame do testículo é a forma mais eficaz de prevenir o cancro do testículo. O autoexame deve ser feito uma vez por mês, sempre depois de um banho quente e deve procurar alterações no tamanho, alguma dor imprecisa na região das virilhas, vigiar aspeto da urina, líquido no escroto (saco que envolve os testículos), dor ou desconforto e sensação de peso no escroto. Para fazer o autoexame coloque-se em pé em frente ao espelho, verifique a existência de alterações na pele do escroto, examine cada testículo com as duas mãos.
Revolva o testículo entre os dedos. Ao efetuar este procedimento não deve sentir dor e se um dos testículos lhe parecer ligeiramente maior não se assuste, é normal. Alguns sinais de alerta (problemas urinários, dificuldade em iniciar ou parar o fluxo de urina, incapacidade de urinar, necessidade frequente de urinar, principalmente à noite, fluxo de urina fraco ou intermitente, dor ou ardor durante a micção, dificuldade em ter uma ereção, sangue na urina ou no sémen e dor frequente na zona inferior das costas, nas ancas ou na zona superior das coxas).
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.