segunda-feira, junho 22, 2015

Espermaticida

Espermaticida

O espermaticida ou espermicida é um anticoncepcional complementar que deve ser usado combinado com outro anticoncepcional, normalmente preservativo ou diafragma. O espermaticida ou espermicida é uma substância que imobiliza ou destrói os espermatozoides evitando que eles cheguem ao óvulo para o fecundar. 

O espermaticida ou espermicida usado isoladamente tem baixa taxa de sucesso, dai ser sugerido que seu uso seja combinado com outro anticoncepcional. Os espermaticidas ou espermicidas existentes no mercado podem ser sobre a forma de óvulos, géis, cremes comprimidos ou espumas. 

O espermaticida ou espermicida deve ser aplicado antes da relação ou tomado 10 minutos antes, no caso de ser comprimidos e pode ser combinado com outros métodos como diu, preservativo (existem marcas que já revestem o preservativo com loções espermicidas, diafragma ou até coito interrompido

O espermaticida ou espermicida pode causar feridas ou fissuras vaginais, prurido ou comichão, queimaduras, vermelhidão, excesso de lubrificação e mau odor e sabor (sexo oral).

Os espermaticidas ou espermicidas só protegem das DST se forem usados com camisinha ou preservativo.

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.