3 de dezembro de 2017

A vacina rubéola na gravidez



A rubéola é uma das doenças que devemos prevenir antes de engravidar... quando sugiro que fale com seu médico para preparar sua gravidez, uma das analises que ele vai fazer é medir seus anticorpos com a rubéola, para saber se é imune e não tem riscos de contrair a rubéola durante a sua gravidez... o que se revelaria trágico para o nosso bebé... com consequências como aborto espontâneo, surdez, deficiência mental, problemas cardíacos e noutros órgãos, atrasos no crescimento, diabetes tipo 1, entre outros...

Como viu é bem grave, dai ser importante fazermos os preventivos antes de engravidar...

Depois de fazer as analises de rotina seu médico avaliou e garantiu que tem anticorpos contra a rubéola (Rubéola (anticorpos IgG e IgM)), logo está protegida, não vai precisar de fazer a vacina da rubéola.

E se as analises revelarem que não tem anticorpos contra a rubéola? Que não está protegida?

Ok, como falei esta a preparar a sua gravidez, ao não ter anticorpos vai ter que repetir a vacinação (as Autoridades de Saúde recomendam que todas as mulheres em idade fertil tenham duas inoculações contra a rubéola (VASPR)), nesta situação vai ter que fazer novamente a vacina. A vacina da rubéola disponível, na maioria dos países, não está isolada é uma vacina tríplice, vacina contra sarampo, rubéola e caxumba ou papeira.

E posso fazer vacina antes de engravidar? E na gravidez?

A vacina rubéola na gravidez

A vacina da rubéola (VASPR) é uma vacina viva e contra-indicada para fazer durante a gravidez... a mulher grávida não pode fazer a VASPR, a indicação é fazer a vacina contra a rubéola e esperar 4 semanas para engravidar (nova norma instituída pelas Autoridades de Saúde Portuguesas)... sim 4 semanas para evitar que a vírus vivo na vacina crie complicações no feto (anteriormente eram sugeridos 3 a 4 meses). Sempre que a mulher em idade fértil faça a vacina da rubéola deve assinar um consentimento onde expresse a sua vontade em fazer a vacina e confirme que deve estar 4 semanas sem engravidar. 

Por este risco é sempre indicado que a vacina da rubéola seja feita pré-concepção... pode conferir outras vacinas que deve fazer na preparação de sua gravidez, neste post - vacinas na gravidez - espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊💉

Descubra alguns posts relacionados


4 comentários:

  1. Mas tratando-se de um vírus vivo será seguro esperar as 4 semanas para tentar engravidar em vez dos 3/4 meses anteriormente sugeridos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim é, os últimos estudos conseguiram provar que após 4 semanas é seguro... os estudos avaliaram a presença dele, após esse tempo... são as recomendações mais recentes... :) ando por aqui.

      Eliminar
  2. Mais 2 dúvidas:
    - Quando em criança já houve vacinação contra a rubéola, e agora em adulto, após análises, se verifica a não imunidade, este resultado é incontestável ou pode-se fazer uma contra-análise noutro laboratório para confirmar o resultado?
    E depois das 4 semanas de espera após a toma da vacina, é aconselhável voltar a fazer análises para saber se já estamos ou não imunes?
    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim é confiável... as indicações é fazer apenas mais uma vacina (fazendo no total 3 - 2 em criança e 1 reforço agora), depois de fazer a vacina de reforço não estão indicadas novas analises, ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.