terça-feira, março 17, 2015

Controle do INR e apoio ao doente hipocoagulado - alimentos inr

Controle do INR e apoio ao doente hipocoagulado - alimentos inr

O doente hipocoagulado é uma pessoa que tem maior tendência para formar coágulos no sangue, devido a alterações como a fibrilhação auricular, TVP, válvula cardíaca, entre outras alterações. A terapêutica com anticoagulantes oferece protecção contra os coágulos.

Para controlar esse risco avaliamos o Tempo de Protrombina (PT) valor que mede a velocidade de coagulação do sangue. O PT é apresentado em valores de INR (Rácio Internacional Normalizado). O valor do INR permite saber se a pessoa corre riscos de hemorragia, de trombose e se precisar de ajustar a dosagem dos medicamentos varfarina (varfine®) e acenocumarol (sintrom®).


INR - valores normais
  • 2 - 3
  • 2,5 - 3,5 (valvulopatias e próteses valvulares)

Controlo da coagulação e cuidados

O doente hipocoagulado deve saber a causa da necessidade da hipocoagulação, tem que cumprir o esquema terapêutico (deve tomar o comprimido à noite), fazer as avaliações regulares e sugeridas pela sua equipa médica, ter cuidados com a dieta, ingestão de bebidas alcoólicas e medicação, estar alerta para os sinais de alerta e de hemorragia, prevenir as quedas, feridas, avisar sempre o seu medico antes das visitas ao dentista, cirurgias e biópsias. Tenha sempre o contato do serviço e do profissional de saúde que faz o acompanhamento e avaliação de sua coagulação.


Avaliação do INR

Antes de fazer a avaliação do INR lave as mãos, a colheita deve ser feita através de uma punção na parte lateral do dedo alternando os locais. A pele pode necessitar de ser aquecida (inverno).

Dieta e alimentos que podem interferir

A dieta do doente hipocoagulado deve moderar o consumo dos alimentos ricos em vitamina K, como: brócolos, feijão seco, couve de bruxelas, repolho, alface, salsa, espinafres, agrião, favas, couve roxa, pepino, ervilhas, azeite, mostarda, kiwi, tomate, aveia, entre outros. E algumas ervas como: camomila, alho, unha de gato e pau d’arco.

Alface
Alface
Medicamentos que podem interferir

Alguns medicamentos podem interferir com os valores da coagulação tais como: AAS, bebidas alcoólicas, óleos de peixe, anti-inflamatórios não esteroides, antiarrítmicos, antidepressivos, antibacterianos, antiagregantes plaquetares, hormonas da tiroide e paracetamol (mais de 4 gr por dia).


Sinais de alerta de hemorragia

O doente hipocoagulado deve estar desperto para os sinais de hemorrágicos, tais como: retrorragias (fezes escuras ou negras), urina muito escura (vermelha ou castanha/ marrom), equimoses sem razão e epistaxis ou sangramento pelo nariz.


Para prevenir estes risco deve fazer a barba ou depilação com maquina, usar escova de dentes macia, evitar os desportos de contato e os anti-inflamatórios não esteroides

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.