-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Pílula contraceptiva constituída por dois tipos de hormonas a drospirenona e o etinilestradiol. 

Como tomar: oralmente todos os dias sensivelmente à mesma hora, durante 21 dias, seguida de uma pausa de 7 dias – seguir a ordem indicada na cartela ou carteira.

Interações com outros medicamentos: hidantoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato, ritonavir, griseofulvina, ampicilinas e tetraciclinas (antibióticos) e derivados da erva de São João. 

Efeitos secundários: alterações menstruais, hemorragias fora da menstruação, dor mamária, dores de cabeça, estados depressivos, enxaqueca, náuseas, leucorreia (corrimento) e moniliase vaginal.

Artigo de Yasmin® (drospirenona 3 mg + etinilestradiol 0,03 mg) completado

A pílula yasmin® é um contraceptivo composto por dois tipos de hormonas sintéticas drospirenona e etinilestradiol, e está indicado na prevenção da gravidez. Cada carteira ou blister de yasmin® tem cerca de 21 comprimidos, cada comprimido tem a seguinte dosagem hormonal: drospirenona 3 mg + etinilestradiol 0,03 mg.

Composição hormonal de yasmin®: drospirenona 3 mg + etinilestradiol 0,03 mg

Como tomar a pilula yasmin®

A pílula yasmin® deve ser tomada todos os dias, à mesma hora, durante 21 dias, seguindo-se 7 dias de pausa. Durante a pausa surgirá a menstruação.

Como iniciar a pilula yasmin®

Para iniciar a pílula yasmin® pela primeira vez a mulher deve tomar o primeiro comprimido no primeiro dia da menstruação, deve tomar o comprimido correspondente ao dia da semana inscrito no blister.

Medicamentos que interferem com a pílula yasmin®
  • Primidona
  • Fenitoína
  • Barbitúricos
  • Carbamazepina
  • Oxcarbazepina
  • Rifampicina
  • Ritonavir
  • Nevirapina
  • Griseofulvina
  • Penicilina
  • Tetraciclina
  • Bosentano
  • Hipericão

Efeitos adversos ou secundários da pílula yasmin®

Efeitos adversos ou secundários mais comuns da pílula yasmin®
  • Alterações de humor
  • Dores de cabeça
  • Náuseas
  • Vómitos
  • Dor nas mamas
  • Alterações na menstruação
  • Ausência de menstruação
  • Enxaqueca
  • Varizes
  • Pressão sanguínea aumentada
  • Dores de estômago
  • Diarreia
  • Acne
  • Cãibras
  • Infeção vaginal por fungos
  • Aumento das mamas
  • Retenção de fluidos
  • Aumento de peso

Esquecimento da pílula yasmin®

Esquecimento de yasmin® menos de 12 horas
Em casos de esquecimento até 12 horas a pilula yasmin® na perde eficácia.

Esquecimento de yasmin® mais de 12 horas
Em casos de atrasos ou esquecimento superiores a 12 horas a mulher deve:

Esquecimento na primeira semana de yasmin®
A mulher deve tomar o ou os comprimidos em atraso e usar preservativo nos 7 dia seguintes.

Esquecimento na segunda semana de yasmin®
A mulher deve tomar o ou os comprimidos em atraso e usar preservativo nos 7 dia seguintes.

Esquecimento na terceira semana de yasmin®

A mulher pode:
  1. Tomar o ou os comprimidos em atraso, usar preservativo nos 7 dia seguintes e colar os blister não fazendo a, pausa entre as duas carteiras.
  2. Parar de tomar os comprimidos da carteira, fazer a pausa de 7 dias e iniciar a nova carteira no 8° dia. Até ao 8° comprimido da nova carteira a mulher deve usar proteção adicional (preservativo).
Vómitos e diarreia com a pílula yasmin®

Se ocorrerem vómitos ou diarreia após 4 horas da toma do comprimido de yasmin® a eficácia de yasmin® pode ser alterada, a mulher deve tomar outro comprimido logo após o episódio, a eficácia da pílula yasmin® mantém-se se tomar o comprimido sem atrasos de +12 horas.

Fontes bibliográficas
infarmed.pt