-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
Minigeste®, 0,02 mg + 0,075 mg, comprimido revestido Etinilestradiol + Gestodeno 

Minigeste® é utilizado para prevenir a gravidez. Minigeste® é um contracetivo oral combinado (“a pílula combinada”). Cada comprimido contém uma pequena quantidade de duas hormonas femininas diferentes. Estas são o gestodeno (um progestagénio) e o etinilestradiol (um estrogénio). Devido à pequena quantidade de hormonas, Minigeste® é considerado um contracetivo oral de baixa dosagem. Como todos os comprimidos da embalagem têm combinadas as mesmas hormonas na mesma dosagem, é considerado um contracetivo oral monofásico combinado.

Como tomar minigeste®
A pilula minigeste® deve ser tomada todos os dias, sensivelmente à mesma hora, durante 21 dias, seguindo-se uma pausa de 7 dias (semana de descanso).

Como iniciar a minigeste®

Para iniciar a minigeste® a mulher deve esperar pelo primeiro dia da menstruação e tomar o comprimido correspondente ao dia da semana, desta forma saberá em que dia inicia a cartela ou cartela e em que dia acabará. 
Por exemplo: se iniciar a cartela ou carteira numa sexta feira, as restantes será sempre iniciadas à sexta feira e terminam a uma quinta feira, desta forma tem a certeza que não falhou nenhum comprimido.


Utilizar Minigeste® com outros medicamentos 

Alguns medicamentos podem impedir a pílula de ser eficaz. Estes incluem medicamentos utilizados para o tratamento da epilepsia (por ex. primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato), tuberculose (por ex. rifampicina, rifabutina) e infeção por VIH (por ex. ritonavir, nevirapina), antibióticos para outras doençasinfeciosas (por ex. penicilinas, tetraciclinas, griseofluvina), e produtos naturais como a Erva de São João ou hipericão (utilizada no tratamento de estados de depressão).


Pílula minigeste®, embalagem de 63 comprimidos
Efeitos secundários ou adversos da minigeste®:

Frequentes (náuseas, dor abdominal, aumento de peso, alteração de humor, dores de cabeça, tensão e dor na mama);

Pouco frequentes (rash, urticária, hipertrofia da mama, retenção de líquidos, vómitos, diarreia e diminuição libido);

Raros (intolerância às lentes de contacto, diminuição do peso, aumento da libido, corrimento vaginal e corrimento mamário).

Contraindicaçoes, quem não deve fazer minigeste®:

Conhecimento ou suspeita de gravidez, hemorragia vaginal não diagnosticada, mulheres com antecedentes de doença tromboembolica (trombose venosa profunda, embolia pulmonar, enfarte do miocárdio ou acidente vascular cerebral), fumadoras, obesas (índice da massa corporal superior a 30 kg/m2), hipertensas, com historia de enxaqueca, com fibrilhação auricular, mulheres com imobilização prolongada (grande cirurgia) e mulheres com hipersensibilidade às substâncias activas ou a qualquer um dos excipientes da pílula.
Caixas de minigeste
Caixas de minigeste®

Pílula minigeste, parte lateral da embalagem de 63 comprimidos
Pílula minigeste®, parte lateral da embalagem de 63 comprimidos
Blisters ou cartelas de minigeste
Blisters ou cartelas de minigeste®
Fontes bibliográficas
carlosedgar.com
infarmed.pt