-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O que é uma infeção urinária? Que sintomas dá?

A infeção urinária é uma doença provocada por bactérias no aparelho urinário (uretra, bexiga ou rins). Os sintomas mais comuns são: dor a urinar, ardor a urinar, urinar aos pinguinhos e muitas vezes, urina com mau cheiro, sangue na urina, febre, arrepios, dor ao fundo das costas e no baixo ventre e mal-estar.

A mulher pode ter infeções urinárias mais facilmente que o homem?

Sim, as infeções urinárias são mais frequentes na mulher porque têm a uretra mais curta (cerca de 7 cm), o que permite às bactérias chegarem mais facilmente à bexiga.

O quer causa uma infeção urinária?

A causa das infeções urinárias é a penetração das bactérias no meato urinário. A maior parte das bactérias causadoras provém das fezes. As caraterísticas das infeções urinárias estão relacionadas com a acidez da urina, cuidados de higiene, relações sexuais, tipo e quantidade de bactérias, quantidade de líquidos que ingerimos, alguns medicamentos, entre outros fatores.

Como posso prevenir uma infeção urinária?

Para prevenir as infeções urinárias deve: ingerir 2 l de água por dia, urinar logo que tenha vontade, efetuar higiene intima com sabonete de pH neutro, limpar a região perianal, após urinar ou defecar, de frente para trás, mudar regularmente os tampões e pensos, evitar roupa sintética muito apertada, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, condimentos, café, efetuar a higiene intima logo após as relações sexuais, evitar a prática de sexo vaginal e anal alternados e consumir mais citrinos (vitamina C acidifica a urina).

Que tipo de alterações tem a urina infetada?

Uma urina infetada pode apresentar dois tipos de alterações, alterações macroscópicas ou microscópicas. As alterações macroscópicas, que se vêem ou sentem são: urina castanha ou vermelha, sangue na urina e cheiro intenso. As microscópicas, que não se vêem são: presença de nitritos, leucócitos e urocultura positiva.

Como é diagnosticada uma infeção urinária?

Perante os sinais e sintomas a urina deve ser avaliada através de análises laboratoriais, normalmente exame urina tipo 2 e urocultura. Estes exames irão descobrir e identificar a presença de uma infeção e o microrganismo que a está a causar.

Estou com ardor a urinar, urino às pinguinhas, o meu médico pode detetar uma infeção sem fazer análises à urina?

Sim, através do teste com tira reagente pode identificar a presença de alguns componentes que indiciam a presença de uma infeção. As análises são importantes para determinar a causa e decidir o tratamento mais correto.

Qual o tratamento mais adequado à minha infeção urinária?

O tratamento mais adequado são os antibióticos. A decisão do tratamento deve ser tomada pelo médico mediante o resultado da urocultura. A urocultura irá isolar e identificar o microrganismo causador e a sua sensibilidade aconselhando o antibiótico ideal (antibiograma). Não se automedique com antibióticos. Resumindo: medicação prescrita, maior quantidade de água ingerida, melhores cuidados de higiene antes e depois de ir à casa de banho e das relações sexuais.

É normal uma grávida ter infeções urinárias?

Sim, as infeções urinárias na gravidez são mais comuns e resultam de maior êxtase urinária (estagnação), menor capacidade de retenção de líquidos, pelo aumento do volume do útero, urina mais rica em nutrientes e dilatação da uretra.

Fiz uma análise recentemente e acusou vestígios de leucócitos, estou grávida, é normal ou devo preocupar-me?

Sim é normal, os leucócitos indiciam a presença de bactérias que em grande número podem causar uma infeção, sugiro que beba mais líquidos, faça a higiene sempre que for à casa de banho e limpe o ânus ou a vulva da frente para trás.

Estou com uma infeção urinária, como devo fazer a minha higiene intima?

Nesta situação deve fazer a sua higiene intima com sabonete de pH neutro, podendo aplicar loção ou creme para promover o conforto vaginal. A higiene deve ser feita sempre que for à casa de banho e após as relações sexuais.

Fontes bibliográficas