-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O meio vaginal tem um equilíbrio muito próprio, que dá à mulher defesas contra agressões físicas ou químicas.
Na flora vaginal estão presentes lactobacilos (bacilos de Doderlein) que fermentam o glicogénio da parede vaginal criando ácido láctico. Esta produção garante que o pH vaginal se situe entre os 3,8 e 4,5, acidez que impede o crescimento de micróbios ou bactérias.

Alterações do meio vaginal

Podem ocorrer algumas alterações no meio vaginal que vai mudar este equilíbrio, causas mais comuns:
  • tratamento sistémico ou local com agentes antimicrobianos (antibióticos)
  • doença geral grave
  • medidas de higiene incorretas
  • infeções locais
  • tratamentos hormonais (pilula ou outros anticoncecionais)
  • gravidez
  • corticoides
  • quimioterapia
  • radioterapia
  • menopausa

Gynoflor® é um medicamento indicado na reposição das condições ideias da flora vaginal, através da sua composição + de 10 milhões de Lactobacillus acidophilus (capazes de se reproduzirem) e 0,03 mg de estriol. Outros excepientes: lactose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, carboximetilamido sódico e hidrogenofosfato dissódico.

Como aplicar o gynoflor®

A dose habitual de gynoflor® é 1 comprimido vaginal, à noite, antes de se deitar, durante 6 dias (a mulher tem mais facilidade de aplicar com as pernas flectidas).

O comprimido deve ser colocado profundamente na vagina (com ajuda de dedeira). O tratamento não deve ser feito durante a menstruação.

Efeitos adversos ou secundários de gynoflor® (raros)
  • dor (após aplicação)
  • ardor
  • irritação
  • eritema

Fontes bibliográficas
infarmed.pt