-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A mulher que usa a pílula anticoncepcional pergunta muita vezes se pode parar ou mudar de pílula. Todas as mulheres podem interromper ou mudar de pílula anticoncepcional, mas por rotina não o devem fazer sem acompanhamento de seu médico, pois este tipo de mudança pode causar alterações e variações em seu ciclo menstrual, por exemplo menstruais, maior risco de trombose, outras complicações e claro o surgimento de efeitos colaterais ou secundários.

Quando a mulher deve parar ou mudar de pílula anticoncepcional

A mulher deve parar ou mudar de pílula anticoncepcional em diversas situações como quando quer engravidar, por motivos económicos, por conselho de seu médico, se amamenta, se tem maior risco de trombose e doenças tromboembolicas, se começou a fumar, se nota varizes, mais acne e oleosidade e se nota efeitos colaterais ou secundários que não passam - sempre depois da fase de adaptação da pílula anticoncepcional (quando a mulher inicia ou muda de anticoncepcional, o seu corpo passa por uma fase de adaptação, normalmente entre 3 a 4 cartelas, sendo mais comum o surgimento de alguns efeitos secundários ou colaterais).

Após a paragem da pílula a mulher pode notar descontrolo do ciclo menstrual (mesmo das menstruações), isto deve-se à variação hormonal que ocorre, como o nosso corpo tem que repor os valores hormonais e isso pode demorar, podemos notar estas alterações. Nas mulheres com ciclos menstruas irregulares antes de usarem a pílula anticoncepcional é mais comum, normalmente voltam a ter ciclos irregulares.

As pausas da pílula anticoncepcional não estão indicadas, sempre que a mulher para a sua pílula anticoncepcional e a reinicia volta a passar por uma fase de adaptação, o que pode-se traduzir em maior risco de notar efeitos colaterais ou secundários.
Pilulas anticoncepcionais
Pilulas anticoncepcionais 
A mudanças de pílula podem causar este tipo de alterações, embora a mulher continue protegida, deve-se lembrar que os primeiros meses da nova pílula anticoncepcional são sempre uma fase de adaptação.

Fontes bibliográficas
procuromaissaude.com/pilulaanticoncepcional
procuromaissaude.com/eficaciadapilula
procuromaissaude.com/interromperapilula