quarta-feira, outubro 26, 2016

Oxcarbazepina

Oxcarbazepina

A oxcarbazepina é um medicamento indicado no tratamento de crises epilépticas parciais com ou sem crises tónico-clónicas generalizadas e na nevralgia do trigémeo.

Como tomar a oxcarbazepina

A oxcarbazepina tem uma indicação de dose inicial e dose posterior de acordo com a resposta do doente. A dose inicial é de 600 mg por dia (8 a 10 mg por kg e por dia) em 2 tomas. A dose posterior pode ser entre os 600 mg e os 2400 mg por dia.

Efeitos secundários da oxcarbazepina

Como todos os medicamentos, a oxcarbazepina pode causar efeitos secundários, descubra-os:

Efeitos secundários muito frequente - fadiga, tonturas, cefaleia, sonolência e diplopia

Efeitos secundários frequente - falta de força, agitação, amnésia, apatia, alteração da concentração, confusão, depressão, nervosismo, nistagmo, tremor, obstipação, diarreia, dor abdominal, hiponatremia, vertigens e perturbações da visão

Efeitos secundários muito raro - angioedema, erupção cutânea, febre, linfoadenopatia, testes de função hepática anormais, dores nas articulações e trombocitopenia

Fontes bibliográficas
infarmed.pt
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.