sábado, fevereiro 28, 2015

Eczema atópico - pele atópica - dermatite atópica

Eczema atópico - pele atópica - dermatite atópica

A pele atópica ou eczema atópico é uma dermatite que afeta principalmente as crianças, podendo no entanto afetar os adultos. Devido à sua componente genética (um adulto com pele atópica tem cerca de 50% de hipóteses de gerar uma criança com pele atópica) este tipo de dermatite está associada a alterações na epiderme e a alimentos e elementos alergenos. Hoje sabemos que o pólen, o mofo, látex, ácaros, animais, a pele seca, alguns produtos irritantes, o clima, alguns alimentos, historia de asma, rinite, baixo peso à nascença, o estresse e a ansiedade são fatores de risco e aumentam a probabilidade de surgirem episódios agudos da doença inflamatória.

Os episódios agudos de inflamação da pele é mais comum nas mudanças de clima ou estação, mudança de produtos de higiene, na infância e em situações de estresse e ansiedade, a pele atópica, no adulto, caracteriza-se pelo aparecimento de manchas vermelhas descamativas no pescoço, flexuras, pulsos e mãos.

Os sintomas da dermatite ou pele atópica

Os principais sintomas da pele atópica são: manchas vermelhas, comichão ou coceira, alterações no sono (criança), pele seca e descamação da pele.

Truques e dicas para prevenir e tratar a dermatite ou pele atópica

Podemos ter alguns cuidados para evitar o aparecimento de episódios agudos e para trazer algum conforto, pode seguir estes truques:
  • hidrate a pele 2 vezes por dia
  • use um creme hidratante (não o partilhe com outro elemento da família)
  • use sabonete e loções de lavagem de pH neutro
  • prefira produtos de aveia (calmante)
  • evite os animais de estimação
  • prefira a roupa de algodão
  • evite a roupa apertada
  • lave a pele com água morna ou tépida
  • siga o tratamento e indicações de seu médico

Tratamento médico da dermatite ou pele atópica

O tratamento médico pode ser composto por cremes ou emolientes, antibióticos, anti-histaminicos, esteroides, antisséticos, imunossupressores, corticoides, dieta (supressão de alguns alimentos), distanciamento de elementos irritantes ou alergénicos (por exemplo látex e ácaros) e homeopatia.

Fontes bibliográficas
bad.org.uk
laroche-posay.pt
fondation-dermatite-atopique.org
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.