-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A pílula clarissa® é um contraceptivo hormonal combinado com hormonas estrogénicas – etinilestradiol e progestagénicas – cloromadinona. (2 mg acetato de cloromadinona + 0,03 mg etinilestradiol).

Como actua a pílula clarissa®?
A pílula clarissa® inibe a ovulação, altera a parede do útero e torna o muco cervical mais espesso impedindo a passagem dos espermatozóides.

A pílula clarissa® e outros medicamentos: a pílula pode sofrer alterações na sua eficácia com a toma de alguns medicamentos tais como antiepilépticos, tratamento da tuberculose, barbitúricos, perturbações do sono e ansiedade (modafinil e erva de são João), carvão activado, metoclopramida, tratamento do VIH.

Efeitos secundários (mais frequentes) da pilula clarissa®: náuseas, corrimento vaginal, distúrbios menstruais, ausência de menstruação, aumento de pressão arterial, aumento de peso, tonturas, enxaquecas, distúrbios visuais, vómitos, acne, fadiga, dor abdominal, humor depressivo, irritabilidade e nervosismo. Os efeitos secundários da pílula são mais comuns nos primeiros 3 ciclos.

Como iniciar a pílula clarissa®: a pílula clarissa® deve ser iniciada no primeiro dia da menstruação, a mulher deve tomar 21 comprimidos, um por dia sensivelmente à mesma hora, e após os 21 dias deve fazer uma pausa de 7 dias, na qual surgirá a menstruação. Ao 8º dia inicia nova caixa.

Esquecimentos da pilula clarissa®

Esquecimento de - 12 horas
Um esquecimento de menos de 12 horas da pilula clarissa® não interfere com a sua eficácia, a mulher deve tomar a pilula em atraso e manter as restantes à hora habitual.  

Esquecimento de + 12 horas
Um esquecimento de + 12 horas altera a eficácia da pilula clarissa® a mulher deve tomar a pilula em atraso e usar preservativo nos 7 dias seguintes ao esquecimento, se tiver na ultima semana da clarissa® deve iniciar a nova carteira assim que termine a habitual. Desta forma só terá menstruação na próxima pausa.

Os vómitos, a diarreia e a pilula clarissa®
Se ocorrerem vómitos ou diarreia nas 4 horas seguintes à toma da pilula clarissa® a sua eficácia pode ser alterada, nesta situação a mulher deve tomar novo comprimido de clarissa® até 12 horas da hora habitual de toma da pilula. 
Ex: se tomar a pilula às 20 horas e vomitar até às 24 horas, deve tomar nova pilula até às 8 horas do dia seguinte para manter a eficácia da pilula clarissa®.


Blister de clarissa verso
Blister de clarissa® verso

Pilula clarissa
Clarissa®
Fontes bibliográficas
carlosedgar.com
infarmed.pt