10 de dezembro de 2017



Dores de cabeça? Sem outro sintoma? Paracetamol ou ibuprofeno?

Na realidade ambos têm acção analgésica, mas são diferentes, se no caso do paracetamol falamos de um medicamento com acção analgésica e antipirética e no caso do ibuprofeno é um medicamento com acção analgésica, antipirética e anti-inflamatória.
Dor de cabeça: ibuprofeno ou paracetamol?


Como viu eles são diferentes, embora ambos consigam diminuir suas dores de cabeça, como não tem mais nenhum sintoma deve preferir o paracetamol... ibuprofeno ou paracetamol? Paracetamol...

Está opção garante maior segurança e menos riscos para a mulher... pois o uso do ibuprofeno está associado a alguns riscos e efeitos como dores de estômago, risco de hemorragia, gastrites, úlceras digestivas, entre outros. O paracetamol é bem tolerado, sendo usado em todas as idades sem restrições, a sua posologia habitual é (para o adulto):
  • 1 comprimido de 1000 mg (1 gr), 2 a 4 vezes por dia, com intervalos mínimos de 4 horas (a dose máxima é de 4 comprimidos, por dia).
Dor de cabeça: ibuprofeno ou paracetamol?

Apesar de ser normalmente bem tolerado não deve ultrapassar a posologia recomendada ou usar muito tempo sem conselho de seu médico.

O uso de ibuprofeno pode estar indicado, como por exemplo quando nossa dor de cabeça de resulta de pancada ou outra causa que tenha um processo inflamatório, neste quadro de dor de cabeça e inflamação é o mais indicado. O uso de ibuprofeno deve ser feito com critério, depois de uma refeição, e com a seguinte posologia (posologia no adulto):
  • a dose recomendada é 1200mg/dia - 200, 400 ou 600 mg - 2 a 4 vezes ao dia.
Dor de cabeça: ibuprofeno ou paracetamol?

O uso do ibuprofeno está vedado a pessoas com problemas cardíacos, digestivos, medicação anti-coagulante, idosos, doentes renais, entre outros.

Se suas dores de cabeça continuarem, não melhorarem com a medicação, vir luzes tipo flash ou notar outro sintoma estranho, deve procurar seu médico.
Dor de cabeça: ibuprofeno ou paracetamol?

Espero ter ajudado com mais este post, descubra alguns posts relacionados... obrigado por continuar lendo... 😊

Dor de cabeça: ibuprofeno ou paracetamol?



usei cerazette uso continuo por nove meses e parei faz 4 dias e ainda nao desceu e normal? pode demorar mais ?

Esta pergunta é muito comum no blog, não só quando a mulher interrompe o cerazette®, mas com as outras pílulas também...
Menstruar depois de interromper o cerazette®

A mulher que usa o cerazette® vai estar protegida da gravidez, desde que tome todos os dias um comprimido, sensivelmente à mesma hora, não atrase a toma do comprimido mais de 12 horas, não esqueça os comprimidos, não tenha vômitos ou diarreia nas 4 horas seguintes à toma do comprimido ou use alguns medicamentos que cortem o efeito como o ritonavir, fenitoina, carbamazepina, fenobarbital (barbitúricos), primidona, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), oxcarbazepina, rifampicina, e hipericão. Excluindo estas situações o cerazette® confere uma grande eficácia na proteção da gravidez indesejada (semelhante às outras pílulas).

Por ter uma composição hormonal diferente em cada comprimido - desogestrel (75 microgramas) - deve ser tomada seguida sem pausa e pode não causar menstruação regular... e depois de interromper a menstruação descer logo?

Menstruar depois de interromper o cerazette®

Depois de parar o cerazette®, o corpo vai ser "obrigado" a repor a produção hormonal e seu ciclo natural, o que quer dizer que na maioria das vezes a mulher que interrompe o cerazette® não menstrua logo, pode demorar... depois de interromper o ciclo vai ficar como era antes de usar o cerazette®... se era irregular voltará a ser e deverá mais tempo para menstruar... deve ainda se lembrar que após interromper deixa de estar protegida e tem riscos de gravidez, mesmo não menstruando...
Menstruar depois de interromper o cerazette®

Espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Menstruar depois de interromper o cerazette®

9 de dezembro de 2017



Na Europa as cápsulas solúveis de detergente vieram para ficar, o fato de serem mais cómodas e fáceis de manusear acabaram por ser fatores que conquistaram os consumidores europeus. As marcas oferecerem o mesmo produto com uma apresentação mais eficaz e apelativa... onde a cor é um fator importante (não podem usar o odor para os consumidores decidirem a compra).

Passamos a ter detergentes em pequenos invólucro de plástico com cores bem fortes e contrastantes, como amarelo e verde, laranja e verde, amarelo e azul... o grande problema desta nova abordagem é a curiosidade que estas cápsulas tem despertado nas crianças, principalmente nas mais pequenas (crianças até aos 2 anos), que as chegam a confundir com gomas, rebuçados e outras guloseimas.
As cápsulas com detergente ou gomas?

O Centro de Informação Antivenenos (CIAV), entidade que em Portugal é uma referência quando ocorre um destes acidentes, alertou que as cápsulas, podem ser confundidas com guloseimas pelas crianças mais pequenas, engolidas ou entrar em contacto com os olhos.

O CIAV referiu mesmo que no anos de 2015 registou 140 casos, em 2016 115 casos e só no primeiros semestre deste ano 41 casos. Apesar de uma aparente diminuição este alerta veio reforçar o papel dos pais e cuidados na prevenção destes tipo de acidentes, numa altura que à cada vez mais marcas a apostar neste tipo de apresentação do produto.

Para si que é pai ou mãe confira este video disponibilizado pela APSI - Associação Promoção Segurança Infantil... espero ter alertado... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Cápsulas de detergente ou gomas?


Todo o casal que planeia engravidar, vai ter que parar seu anticoncepcional para iniciar as tentativas... é importante nesta preparação fazer um consulta para planear a gravidez e ter alguns cuidados que vão aumentar as chances de conseguir engravidar, ter uma gravidez mais saudável e prevenir alguns riscos.

Nesta preparação seu médico pode fazer um controlo sanguíneo, para avaliar a presença de defesas contra algumas doenças e rastrear outras, fazer a citologia, conferir a vacinas, suplementos alimentares, aprender quando é sua fase mais fertil, entre outros aspetos... depois da consulta parou seu anticoncepcional, seu médico liberou e quer engravidar...
Parei de tomar anticoncepcional e quero engravidar

Parei de tomar anticoncepcional e quero engravidar

Depois de parar o anticoncepcional a mulher fica desprotegida e pode engravidar logo, excepto se usar a injecção trimestral, pois neste caso pode demorar a conseguir... como pode conferir nestes posts:
Parei de tomar anticoncepcional e quero engravidar

Nosso corpo, depois de parar o anticoncepcional, pode precisar de tempo para repor sua produção hormonal - ciclo menstrual natural, o que pode causar alterações no nosso ciclo, não devemos confundir os atrasos menstruais e outras variações no ciclo menstrual depois de parar seu anticoncepcional, com dificuldades em engravidar ou problemas de fertilidade.

Depois de parar como referi pode logo engravidar, mas nem sempre consegue pois não é certo que consiga ovular logo nos primeiros meses, apenas 25% dos casais consegue engravidar no 1º mês. Esta demora é maior nas mulheres que têm história de ciclos menstruais irregulares, antes de usar o anticoncepcional.

Reuni alguns posts para lhe ajudar a engravidar... espero que ajudem, não se esqueça de partilhar e comentar o post... obrigado... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Parei de tomar anticoncepcional e quero engravidar

8 de dezembro de 2017



Teste de gravidez com água sanitária
Teste de gravidez com sal
Teste de gravidez com lixívia
Teste de gravidez marroquino
Teste de gravidez da agulha
Teste de gravidez com pasta dos dentes
Teste de gravidez com vinagre

Sabe o que têm em comum estes testes de gravidez?

Pois eu revelo... são testes não confiáveis, sem fundamento cientifico, para garantir que o seu resultado é fiável... são testes muito populares, divulgados em blogs e canais de youtube que não têm comprovação cientifica... não acredite...
Os testes de gravidez mais confiáveis

Os testes de gravidez mais confiáveis

Quando a mulher quer saber se está grávida, quer através do sangue ou urina, o objectivo é identificar e dosear a presença do hormônio BetaHCG, que é um hormônio presente na gravidez e que serve de marcador da gravidez... após engravidar o corpo da mulher inicia a produção deste hormônio, após uma semana o valor pode ser logo identificado por um teste de gravidez confiável, os valores de BetaHCG são os seguintes:
  • 01 a 02 semanas - 50 a 500 mUI/mL
  • 02 a 03 semanas - 100 a 5000 mUI/mL
  • 03 a 04 semanas - 500 a 10000 mUI/mL
  • 04 a 05 semanas - 1000 a 50000 mUI/mL
  • 05 a 06 semanas - 10000 a 100000 mUI/mL
  • 06 a 08 semanas - 15000 a 200000 mUI/mL
  • 02 a 03 meses - 10000 a 100000 mUI/mL (...)
Os testes de gravidez mais confiáveis

Quando falo em testes de gravidez confiáveis, me refiro aos testes de urina (comprados na farmácia ou feitos no laboratório) e de sangue em laboratório credenciado. Os testes de urina acabam por dar positivo, dois traços bem fortes, se tiver a presença do hormônio BetaHCG >25 mUI/mL.
Os testes de gravidez mais confiáveis

Se lembre que sugiro sempre que faça o teste quando notar algum sintoma ou sinal de gravidez, como a falta de menstruação (mais comum), náuseas, vómitos, ardor de estômago, acidez, prisão de ventre, falta de menstruação, cansaço, sonolência, insónias, sensibilidade emocional, maior apetite, sede e vontade de urinar mais vezes ao dia que o normal.

Espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊
Os testes de gravidez mais confiáveis

Descubra alguns posts relacionados

Os testes de gravidez mais confiáveis



A pílula anticoncepcional é um dos medicamentos mais usados e estudados no mundo... é por isso normal que se associe alguns riscos e perigos ao seu uso, mas a verdade é que a pílula nas ultimas décadas permitiu que a natalidade fosse controlada e que a mulher pudesse ganhar maior papel em nossa sociedade... emancipando-se e escolhendo quando e se quer ser mãe. Quero com isso defender que apesar de alguns riscos que se possam associar os seus beneficios são gigantes e superam em muito os potenciais riscos...

Pílula anticoncepcional causa câncer de mama? Toda a verdade...

Quando falamos em riscos da pílula associamos os riscos de trombose, tromboembolismo, que já vimos que é baixo quando comparando por exemplo com o risco que a mulher que fuma, que amamenta ou até a grávida têm... e o câncer ou tumor da mama?

No passado o risco de câncer ou tumor da mama estava associado ao uso da pílula anticoncepcional, pois as pílulas da altura tinham grandes dosagens hormonais... com a evolução e a diminuição na dosagem nas pílulas mais modernas os estudos revelaram que o risco de câncer ou tumor da mama é muito baixo e não é motivo para a mulher deixar de usar a sua pílula anticoncepcional... não posso deixar de sugerir a leitura deste post...

Pílula anticoncepcional causa câncer de mama? Toda a verdade...
Pílula anticoncepcional causa câncer de mama? Toda a verdade...

Recentemente surgiram noticias sobre um estudo realizado na Dinamarca que supostamente comprova que a pílula pode ser a causa do câncer ou tumor da mama, o estudo revela que o uso da pílula e outros anticoncepcionais hormonais pode ser causa directa do câncer ou tumor da mama, mas será mesmo assim? Devemos parar de usar a pílula e outros anticoncepcionais hormonais?

O estudo referido - Contemporary Hormonal Contraception and the Risk of Breast Cancer, foi desenvolvido na Universidade de Copenhagen, na Dinamarca, pelos investigadores, Lina S. Mørch, Ph.D., Charlotte W. Skovlund, M.Sc., Philip C. Hannaford, M.D., Lisa Iversen, Ph.D., Shona Fielding, Ph.D., and Øjvind Lidegaard, D.M.Sci., tendo sido publicado no jornal científico “The New England Journal of Medicine”, e envolveu o acompanhamento de 1,8 milhões de mulheres entre os 15 e os 49 anos durante 10 anos.
Contemporary Hormonal Contraception and the Risk of Breast Cancer

Conclusões do estudo

Como conclusões os investigadores revelaram que existe uma relação entre o uso de anticoncepcionais hormonais e o risco de câncer ou tumor da mama, especialmente nas mulheres que usaram o anticoncepcionais mais anos.

Deve parar a sua pílula anticoncepcional?

Não... deve manter... apesar das conclusões que referi, a verdade é que os investigadores assumiram que apesar do ligeiro aumento, "os aumentos absolutos de risco foram pequenos", o que quer dizer que não podemos concluir que o uso dos anticoncepcionais lhe vai causar câncer de mama.
Pílula anticoncepcional causa câncer de mama? Toda a verdade...

Devo ainda relembrar que não foram excluídos outros fatores de risco, como a questão genética, estilos de vida, tabagismo... entre outros fatores que aumentam e muito o risco de câncer de mama... mantenha seu anticoncepcional e não pare seu uso sem falar com seu médico...

Espero ter ajudado com mais este post... continue se protegendo... obrigado por continuar lendo os posts... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Pílula anticoncepcional causa câncer de mama? Toda a verdade...

7 de dezembro de 2017



No final do mês passado tinha falado deste tema no post - Tomei um remédio e vomitei, posso tomar outro? - mas resolvi falar novamente para lhe fornecer um guia mais fácil para seguir caso vomite sua pílula, com este guia vai saber o que fazer depois de vomitar para evitar riscos, se proteger e repor a protecção mais rapidamente...
Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

Ao usar a pílula como seu médico indicou, tomando um comprimido por dia, sensivelmente à mesma hora e seguindo as indicações inscritas na cartela vai estar protegida da gravidez, claro que os esquecimentos de comprimidos, os atrasos na toma do comprimido maior que 12 horas, os vômitos ou diarreias nas 4 horas seguintes à toma do comprimido e uso de alguns medicamentos podem alterar essa protecção e ter riscos de gravidez.

Como viu ao ocorrer um vômito nas 4 horas seguintes à toma do comprimido vai ter riscos de gravidez...
Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

Depois de vomitar deve ter alguns cuidados... para continuar protegida, basta tomar outro comprimido, de uma cartela suplente da mesma cor (mesma dosagem) após vomitar, nas 12 horas seguintes à hora de toma habitual, que continua protegida.

Exemplo: tomou seu comprimido às 21 horas, vomitou às 22 horas, deve fazer outro comprimido, tem até às 9 horas do dia seguinte para fazer.

Vomitar a pílula o que fazer?
  • tomar outro comprimido de outra cartela
  • manter os seguintes na hora habitual
Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

E senão tomar outro comprimido, passarem as 12 horas ou continuar vomitando?

Nesta situação tem riscos de gravidez deve se proteger com método barreira ou evitar... para voltar a estar protegida deve fazer 7 dias seguidos de pílula... se estiver na ultima semana da cartela (pílula com pausa entre as cartelas), deve iniciar nova cartela e se proteger até ao 7° comprimido. Se lembre ainda que se tiver relações deve fazer a pílula do dia seguinte.
Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

Espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo os posts... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Tomei anticoncepcional e vomitei. Vomitar a pílula o que fazer?

6 de dezembro de 2017



Posso fazer o uso da pílula pela primeira vez no 6° dia da menstruação?

Recebi está pergunta no blog, e pensei que fosse uma óptima ideia para escrever mais um post...
Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação? Pode?

Para estar protegida da gravidez indesejada deve usar a pílula como seu médico recomendou, a posologia mais usual é tomar um comprimido por dia, sensivelmente à mesma hora, seguindo a indicação inscrita na cartela (muito importante nas pílulas com diferentes dosagens na mesma cartela - comprimidos de diferentes cores), fazendo depois a pausa de descanso quando é recomendado. Mas vai iniciar a pílula? Já sabe como a deve tomar... vou explicar como deve iniciar?

Quando deve iniciar a pílula?

A mulher que vai iniciar a pílula deve esperar pela sua menstruação e iniciar a toma no primeiro dia da menstruação, seguindo depois a posologia recomendada... é muito importante iniciar no primeiro dia da menstruação para estar mais rapidamente protegida e seu corpo se adaptar mais facilmente (vai ter menos riscos de notar efeitos colaterais, como por exemplo os escapes...).
Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação? Pode?

Seu médico pode indicar o início da pílula noutro dia de seu ciclo... a pílula também pode se iniciar entre o segundo e o quinto dia da menstruação... mas neste caso a mulher deve se proteger nos primeiros sete dias da primeira cartela... até ao sétimo comprimido (devo lembrar que se for iniciar a qlaira® deve se proteger até ao nono comprimido). Após este período vai estar protegida. E no sexto dia da menstruação?
Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação? Pode?

Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação?

Como falei é indicado iniciar no primeiro dia da menstruação... se atrasou ou só vai conseguir iniciar no sexto dia da menstruação, deve se proteger até ao meio da primeira cartela... espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊
Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação? Pode?

Descubra alguns posts relacionados

Iniciar a pílula no sexto dia da menstruação? Pode?

5 de dezembro de 2017



Desta vez vou destacar uma pergunta que me chegou através do meu twitter @carlosedgarblog, sobre os esquecimentos ou atrasos do anticoncepcional...

A mulher que usa o anticoncepcional vai estar protegida da gravidez se cumprir a posologia recomendada, por exemplo se sua cartela tem 21 comprimidos ativos, deverá fazer 21 dias de tratamento, tomando um comprimido por dia, sensivelmente à mesma hora, devendo depois fazer uma pausa de 7 dias, semana de descanso sem tomar, deve evitar os atrasos de mais de 12 horas na toma do comprimido, evitar esquecimentos dos comprimidos, ter cuidado com as diarreias e vômitos (interferem se ocorrerem nas 4 horas seguintes à toma do comprimido e a alguns medicamentos, como a carbamazepina, griseofulvina, oxcarbazepina, etosuximida, fenobarbital, fenitoina, primidona,lamotrigine, rifampicina, ritonavir, hipericão e topiramato (doses diárias maiores de 200 mg).
Esqueci o anticoncepcional 13 horas, tem risco?

Se excluímos estas situações a pílula vai lhe conferir grande protecção contraceptiva, vai protegê-la da gravidez indesejada. E se esquecer 13 horas?

Esqueci o anticoncepcional 13 horas, tem risco?

Sim tem riscos, pois foi um atraso maior que as 12 horas... deve tomar o comprimido assim que consiga, manter os seguintes na hora e dias certinhos... deve também se proteger nos 7 dias seguintes... se estiver na ultima semana da cartela deve iniciar a seguinte sem fazer a pausa de descanso.
Esqueci o anticoncepcional 13 horas, tem risco?

Espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊

Descubra alguns posts relacionados

Esqueci o anticoncepcional 13 horas, tem risco?

4 de dezembro de 2017



A miranova® é um contraceptivo oral hormonal combinado que tem na sua composição dois tipos de hormonas estrogénios - etinilestradiol e progesterona - levonorgestrel. Cada comprimido da pílula miranova® tem na sua composição hormonal a seguinte dosagem:

A pílula miranova® e o acne

A composição hormonal da pílula miranova® confere-lhe acção anticoncepcional, garantindo uma elevada protecção contra a gravidez indesejada. E em relação ao acne, a pílula miranova® é boa para tratar o acne?
A pílula miranova® e o acne


Depois de falar noutras pílulas, vamos dar atenção à pílula miranova®, revelando se tem acção anti-acne... vamos saber se a pílula miranova® é a mais indicada para tratar o seu acne?

Quando analisamos a acção de uma pílula no acne avaliamos a acção anti-androgência dos seus hormônios... no caso da miranova® foi tentar perceber se o levonorgestrel tem acção anti-androgênica (quer dizer se "combate" os hormônios masculinos que causam por exemplo o acne na mulher)... e a verdade é que os estudos clínicos revelam que o levonorgestrel não tem grande acção anti-acne... a pílula miranova® não é mais indicada para tratar o acne...
A pílula miranova® e o acne

No post Pílula contraceptiva para acne - novidades tinha revelado que as pílulas com mais acção na pele e acne eram as medicamentos com acetato de ciproterona (as recomendações sugerem uso com vigilância médica apenas durante 6 meses), as pílulas com dienogest, as pílulas com drospirenona e as pílulas com cloromadinona. Pode conferir no video:

As ultimas recomendações europeias sugerem o uso das pílulas com dienogest para tratar o acne leve a moderado, pílulas com dienogest com a composição hormonal etinilestradiol (0,03 mg) + dienogest (2,00 mg), como:
A pílula miranova® e o acne

Confira com seu médico antes de iniciar ou parar o tratamento, espero ter ajudado, com mais este pequeno post... obrigado por continuar lendo... 😊

Descubra alguns posts relacionados

A pílula miranova® e o acne