15 de outubro de 2017



Decorreu neste fim-de-semana o maior festival vegetariano que se realiza em Portugal o #veggiefest, claro que nos próximos dias vou publicar alguns posts relacionados com a minha visita, vou começar por falar em substitutos ou alternativas ao café. Encontrei numa banca algumas sugestões e pensei:
- Boa dica para um post!
As 6 melhores alternativas ao café

O café torrado e em grão é usado para produzir uma das bebidas mais consumidas no mundo, que tem como é óbvio algumas vantagens e desvantagens. Para as pessoas que têm alguma restrição ao consumo do café, as estratégias podem passar por diminuir o seu consumo, beber apenas um por dia (por exemplo), preferir café sem cafeína, optar por bebidas solúveis com menor teor de café ou usar algumas alternativas.

10 alternativas ao café

1) bebida de chicória

A chicória é uma raiz que torrada pode ser usada como substituta do café, podendo ser feita com água ou leite frio ou quente. A bebida de chicória ganhou mais destaque durante a Segunda Guerra Mundial.

2) bebida de cevada

A bebida de cevada pode também ser uma boa escolha, por ter um sabor agradável e uma cor escura.
Bebida de cevada

3) bebida de mistura de cereais (chicória, cevada, centeio, malte, figo é bolota)

Este tipo de mistura confere um sabor muito diferente do café, as misturas que podemos encontrar podem ter diferentes cereais, os mais comuns são o centeio, cevada e chicória. Recentemente descobri algumas misturas que tinham malte, trigo, figo e bolota.

4) chá de café verde 

A infusão de café verde cru, pode ser uma boa alternativa ao café. Esta forma conseguidos apreciar o sabor do café sem ser torrado. Pode conferir mais informações sobre o café verde nestes posts:
As 6 melhores alternativas ao café

5) macarroba

Bebida andina que tem na sua composição farinha de alfarroba, maca, lucuma e canela. Está bebida é muito popular nos países dos Andes.

6) macaccino

Bebida com sabores mais orientais feita com cacau em pó, açúcar de coco, maca, gengibre, cardamomo, canela e pimenta caiena.

Podemos usar outras bebidas como substitutas do café, como infusões, chás, bebidas vegetais, bebidas lácteas ou sumos naturais... estas alternativas que falei permitem que a pessoa mude para bebidas e soluções mais saborosas e aromáticas (desta forma é mais fácil eliminar o açúcar destas bebidas). Espero que tenha lhe dado algumas alternativas ao café... obrigado por continuar lendo... 😊🍵
As 6 melhores alternativas ao café

Descubra alguns posts relacionados

As 6 melhores alternativas ao café



A ideia que a mulher que amamenta não tem riscos de gravidez e que a amamentação exclusiva pode funcionar como um contraceptivo natural estava muito presente nos nossos antepassados e ainda hoje nalguns países africanos.

A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

A verdade é que nos países africanos existe esta ideia, tendo algum fundo de verdade, pois as mulheres, em África, por dificuldades económicas acabam por amamentar mais tempo e de forma mais intensa, o que lhe confere essa protecção que falei... e as mulheres europeias? Em Portugal? No Brasil?
A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

Neste caso é diferente pois as mulheres acabam por amamentar menos tempo, menos vezes, pela introdução mais precoce dos alimentos... por isso é sugerido que usem contraceptivos para evitar riscos de gravidez...
A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

Uso de contraceptivos durante a amamentação exclusiva

A mulher que amamenta deve se proteger com contraceptivo, estando indicados os contraceptivos sem estrogénios, como o DIU (de cobre ou hormonal), preservativo, implante hormonal ou a pílula sem estrogénios.
A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

Os contraceptivos mais usados são os hormonais, no caso...

Gostaria ainda de relembrar que deve falar com seu médico para escolherem o método contraceptivo mais indicado para si... este tipo de contraceptivos não perde a sua eficácia com a diminuição ou interrupção da amamentação... espero ter ajudado... obrigado por continuar lendo os posts... 😊
A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

Descubra alguns posts relacionados

A amamentação exclusiva é um contraceptivo natural?

14 de outubro de 2017



O anticoncepcional perlumes® é um contraceptivo injetável mensal, de administração mensal, indicado na prevenção da gravidez.

Composição do anticoncepcional perlumes®: cada ampola de do anticoncepcional contém 1 ml e tem a seguinte dosagem hormonal: 150 mg de algestona acetofenida + 10 mg de enantato de estradiol. Outros excipientes: benzoato de benzila, álcool benzílico e óleo de gergelim.

Como tomar o anticoncepcional perlumes®

O anticoncepcional perlumes® deve ser tomado entre o 7.º e 10.º dia (preferencialmente no 8º dia) do ciclo menstrual. Deve contar o primeiro dia de sangramento menstrual como o dia número 1 e fazer no 8.º dia (preferencialmente). A injecção deve ser dada no braço (região deltóide) ou nádega (região glútea) por um profissional de saúde credenciado.

Efeitos adversos do anticoncepcional perlumes®

Como todos os medicamentos o anticoncepcional perlumes® pode causar alguns efeitos adversos, como:
  • concentração de sódio aumentada no sangue
  • alteração do peso
  • depressão
  • nervosismo
  • acidente vascular cerebral
  • tontura
  • dor de cabeça
  • inflamação do nervo óptico
  • hipertensão
  • tromboflebite
  • dor abdominal
  • enjoo
  • vômitos
  • acne
  • coceira
  • retenção hídrica
  • falta de menstruação
  • desconforto mamário
  • cólica menstrual
  • baixo fluxo menstrual
  • alterações no desejo sexual
  • menstruação irregular
  • sangramentos vaginais fora do período
Anticoncepcional perlumes® (algestona acetofenida + enantato de estradiol)

Interações medicamentosas com o anticoncepcional perlumes®

Alguns medicamentos podem interferir com a eficácia do anticoncepcional perlumes® tais como: rifampicina, rifabutina, griseofulvina, ritonavir, carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, primidona, oxcarbazepina, topiramato (doses diárias superiores a 200 mg) e lamotrigina.

Fontes bibliográficas
anvisa.gov.br

Anticoncepcional perlumes® (algestona acetofenida + enantato de estradiol)



O anticoncepcional fucsia minus® é uma pílula indicada na prevenção da gravidez. O anticoncepcional fucsia minus® tem na combinação drospirenona + etinilestradiol (drospirenona 3 mg + etinilestradiol 0,02 mg) e cada cartela do anticoncepcional fucsia minus® tem 24 comprimidos amarelos.

Outros componentes do anticoncepcional fucsia minus®: celulose microcristalina, crospovidona, lactose monoidratada, povidona, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol, dióxido de titânio, talco, óxido de ferro vermelho, álcool etílico e água purificada.
Fucsia minus® (drospirenona 3,00 mg + etnilestradiol 0,020 mg)

Como tomar o anticoncepcional fucsia minus®

O anticoncepcional fucsia minus® deve ser tomada todos os dias, sensivelmente à mesma hora, seguindo a ordem inscrita na cartela, durante 24 dias, devendo depois fazer uma pausa de 4 dias.

Como iniciar o anticoncepcional fucsia minus®

Para iniciar o anticoncepcional fucsia minus® deve iniciar o primeiro comprimido no primeiro dia da menstruação. Pode iniciar entre o 2° e o 5° dia da menstruação, mas nesse caso deve se proteger até ao 7° comprimido da primeira cartela.
Fucsia minus® (drospirenona 3,00 mg + etnilestradiol 0,020 mg)

O anticoncepcional fucsia minus® e outros medicamentos

Os medicamentos que interferem com o anticoncepcional fucsia minus® são: primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato, rifampicina, ritonavir, nevirapina, antibióticos (penicilinas, tetraciclinas, griseofulvina), erva de São João ou hipericão.

Efeitos secundários do anticoncepcional fucsia minus®

Efeitos secundários frequentes do anticoncepcional fucsia minus®: náuseas, dores abdominais, aumento de peso, dores de cabeça, alterações de humor ou dor nas mamas.

Efeitos secundários pouco frequentes do anticoncepcional fucsia minus®: vómitos, diarreia, retenção de líquido, enxaqueca, diminuição do desejo sexual (libido), aumento do tamanho das mamas, erupção cutânea ou urticária.
Fucsia minus® (drospirenona 3,00 mg + etnilestradiol 0,020 mg)

Efeitos secundários raros do anticoncepcional fucsia minus®: intolerância às lentes de contato, diminuição de peso, aumento do desejo sexual, secreções vaginais, secreções das mamas ou eritema nodoso. 

Vómitos e diarreia com o anticoncepcional fucsia minus®

Os vómitos ou diarreia intensa interferem com a eficácia da pílula se ocorrerem nas 4 horas seguintes após a toma do comprimido. Deve logo tomar outro comprimido. Se forem durante alguns dias deve manter a pílula e usar outro método (preservativo) até ao 7° comprimido da nova cartela.
Fucsia minus® (drospirenona 3,00 mg + etnilestradiol 0,020 mg)

Fontes bibliográficas
infarmed.pt
remediobarato.com

Fucsia minus® (drospirenona 3,00 mg + etnilestradiol 0,020 mg)

13 de outubro de 2017



O anticoncepcional fucsia fem® é uma pílula hormonal combinada indicada na prevenção da gravidez indesejada, por ter na sua composição dois tipos de hormônios sintéticos, drospirenona e etinilestradiol.

A composição hormonal do anticoncepcional fucsia fem®: drospirenona 3 mg + etinilestradiol 0,03 mg.
Fucsia fem® (drospirenona + etinilestradiol)

O anticoncepcional fucsia fem® tem outros excipientes: celulose microcristalina, crospovidona, lactose monoidratada, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol, óxido de ferro amarelo, talco e dióxido de titânio. 

Como iniciar o anticoncepcional fucsia fem®

O anticoncepcional fucsia fem® deve ser iniciado, pela primeira vez, no primeiro dia da menstruação. O anticoncepcional fucsia fem® pode ser iniciado entre o 2º e o 5º dia da menstruação, mas neste caso a mulher tem que se proteger com método barreira (preservativo) ou evitar as relações até ao 7º comprimido. 
Fucsia fem® (drospirenona + etinilestradiol)

Como tomar o anticoncepcional fucsia fem®

O anticoncepcional fucsia fem® deve ser tomado todos os dias, um comprimido, sensivelmente à mesma hora. 

Efeitos colaterais do anticoncepcional fucsia fem®

O anticoncepcional fucsia fem® pode, como todos os medicamentos, causar algumas reações adversas, tais como: alterações menstruais, doeres de cabeça, dor e tensão nas mamas, dor abdominal, náusea, leucorreia, acne, alterações do humor, diarreia, cansaço, dores de costas, sangramento intermenstrual, enxaqueca, vômitos, tontura, nervosismo, vaginite, cistite, gastrenterite, reação alérgica, infecções urinárias e intolerância às lentes de contato.
Fucsia fem® (drospirenona + etinilestradiol)

Medicamentos que podem interferir com o anticoncepcional fucsia fem®

Os medicamentos que podem interferir com a eficácia do anticoncepcional fucsia fem® são: rifampicina, fenobarbital, fenitoína, primidona, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato, erva-de-são-joão, ampicilina, tetraciclina, griseofulvina, modafinila, ritonavir e a fenilbutazona. 

Fontes bibliográficas
infarmed.pt
anvisa.gov.br

Fucsia fem® (drospirenona + etinilestradiol)



    • "Doutor eu tomo o meu remédio sempre as 20:00 se eu tomar 2 minutos antes ou uns minutos depois corro risco de engravidar."
Recebi está pergunta hoje, já tinha falado deste tema em dois posts, confira:

Para estar protegida a mulher deve tomar a sua pílula sensivelmente no mesmo horário, seguindo a posologia indicada na cartela ou pela sua médica.

Quando falo no mesmo horário, quero dizer que deve manter uma rotina nas tomas para estar protegida e evitar esquecer. Mas e se atrasar a toma? Tem riscos?

Ao atrasar a toma da pílula, até 12 horas, vai continuar protegida, desde que tome e mantenha os seguintes comprimidos no horário habitual.

Se eu tomar 2 minutos antes ou uns minutos depois corro risco de engravidar?

Não tem riscos nestas duas situações.. pode ficar descansada, fico à espera de seu comentário, muito obrigado por continuar lendo os posts... 😊
Se eu tomar 2 minutos antes ou uns minutos depois corro risco de engravidar?

Descubra alguns posts relacionados

Se eu tomar 2 minutos antes ou uns minutos depois corro risco de engravidar?

12 de outubro de 2017



Aqui no blog continuo a falar na importância da diminuição do açúcar em nossa dieta... desta vez vamos falar na compota de maçã, um dos substitutos do açúcar que falei no post - 12 substitutos do açúcar na cozinha.
Compota de maça sem açúcar

Compota de maçã sem açúcar

Quando era miúdo e a escola iniciava, setembro e outubro, passava os finais de tarde numa quinta perto da escola onde a minha avó era governanta. Quando entrava no pomar, perguntava onde estava a minha avó, as pessoas que colhiam as maçãs e peras acabavam por responder sempre o mesmo:
- Está no alpendre...
Compota de maça sem açúcar

O alpendre era um espaço aberto onde recolhiam a fruta colhida, onde a triavam e preparavam para vender... ao chegar ao alpendre o cheiro a maçãs invadia-nos as narinas. Grande memoria olfactiva...

Quando foi comprar as maçãs, comprei-as no mercado municipal (habitualmente compro no mercado em maiores quantidades e menor preço), foi este odor que ficou na cozinha cá em casa... fantástico. Mas vamos à receita...

A receita de compota de maçã sem açúcar

Para fazer a compota apenas usei os seguintes ingredientes:
  • maçãs
  • canela em pó
Compota de maça sem açúcar

Após descaroçar, cortei as maçãs aos pedaços, com casca, e coloquei-as num tabuleiro no forno a assar. Depois de 1 hora coloquei-as numa panela, ao lume durante 2 horas, depois misturei a canela em pó (1 colher de sopa de canela) e triturei tudo num misturador. Pode também descaroçar as maçãs e colocar um pau de canela no centro durante a primeira fase (no forno).

Guarde o puré no frigorífico e use como substituto do açúcar em bolos, sorvetes, e outras iguarias... espero ter ajudado... 😊
Compota de maça sem açúcar

Descubra alguns posts relacionados

Compota de maçã sem açúcar



Como tinha prometido vou continua a revelar as novidades sobre a pílula e o acne e a sequência do post - Pílula contraceptiva para acne - novidades - chegou a vez de analisar a pílula denille® e os seus efeitos no tratamento do acne... vamos saber se a pílula denille® é a mais indicada para tratar o acne?
A pílula denille® e o acne


No post Pílula contraceptiva para acne - novidades tinha revelado que as pílulas com mais acção na pele e acne eram as pílulas com acetato de ciproterona, as pílulas com dienogest, as pílulas com drospirenona e as pílulas com cloromadinona. Pode conferir no video:

As ultimas recomendações europeias sugerem o uso das pílulas com dienogest para tratar o acne leve a moderado, pílulas com dienogest com a composição hormonal etinilestradiol (0,03 mg) + dienogest (2,00 mg).

No mercado temos algumas pílulas com esta composição e dosagem como a valette®, denille® e sibilla®. Podemos por isso dizer que a pílula denille® é uma das pílulas indicadas para o acne, pela sua acção e perfil de segurança.

E as pílulas com acetato de ciproterona? Têm mais acção?

As pílulas com acetato de ciproterona têm mais acção no acne mas a sua elevada dosagem levou as autoridades de saúde a aconselharem o uso durante 6 meses em situações de acne grave ou severo.
A pílula denille® e o acne

Confira com seu médico antes de iniciar u parar o tratamento, espero ter ajudado, com mais este pequeno post... obrigado por continuar lendo... 😊

Descubra alguns post relacionados

A pílula denille® e o acne

11 de outubro de 2017



Como falei no post - As pílulas do dia seguinte mais vendidas/ usadas em Portugal - em portugal existem poucas pílulas do dia seguinte à venda, cerca de 5 marcas. É por isso fácil descrever as melhores pílulas do dia seguinte.
Melhores marcas de pílulas do dia seguinte em Portugal

As pílulas que falo podem se dividir em dois grupos, de acordo com a sua composição, as pílulas do dia seguinte com levonorgestrel e as pílulas do dia seguinte com acetato de ulipristal.

As pílulas do dia seguinte com levonorgestrel estão mais indicadas na prevenção da gravidez até 3 dias depois da relação, sendo as mais indicadas para as mulheres que amamentam ou que precisam tomar mais que uma vez por mês.
Melhores marcas de pílulas do dia seguinte em Portugal

As pílulas do dia seguinte com acetato de ulipristal estão indicadas na prevenção da gravidez até 5 dias depois da relação, sendo mais indicadas para as mulheres obesas e que tenham tido a relação de risco durante o período fertil.

Melhores marcas de pílulas do dia seguinte em Portugal


A pílula do dia seguinte cumbran® tem na sua composição o levonorgestrel e deve ser tomada até 72 horas após a relação.

Alguns posts relacionados


A pílula do dia seguinte ellaone® tem na sua composição o acetato de ulipristal e deve ser tomada até 5 dias após a relação.
Ellaone®

Alguns posts relacionados


A pílula do dia seguinte levodonna® tem na sua composição o levonorgestrel e deve ser tomada até 72 horas após a relação.

Alguns posts relacionados


A pílula do dia seguinte norlevo® tem na sua composição o levonorgestrel e deve ser tomada até 72 horas após a relação.
Norlevo®

Alguns posts relacionados


A pílula do dia seguinte postinor® tem na sua composição o levonorgestrel e deve ser tomada até 72 horas após a relação.
Postinor®

Alguns posts relacionados
Melhores marcas de pílulas do dia seguinte em Portugal

Descubra alguns post relacionados

Melhores marcas de pílulas do dia seguinte em Portugal