terça-feira, fevereiro 26, 2013

Hipocoagulantes

Hipocoagulantes

Num traumatismo ou num corte de tecidos as plaquetas entram em ação, formando coágulos, para parar perdas de sangue. Em algumas pessoas os coágulos aparecem de forma descontrolada circulando pelo organismo até ficarem presos em pequenos vasos sanguíneos, quando ficam presos originam problemas como AVC, enfartes, tromboses… perante pessoas com risco elevado de desenvolver trombos (coágulos) é prescrito um hipocoagulante (Varfine®, Pradaxa® ou Sintron®), o objetivo dos hipocoagulantes é reduzir a tendência do sangue coagular, não o impedindo de coagular. A capacidade de coagulação do sangue deve ser controlada periodicamente através de análises.

Deverá reduzir o risco de sangramento: utilize escovas de dentes macias, use máquina de barbear, previna as quedas, não ande descalço e tenha cuidados ao manusear objetos cortantes.

Sinais de alerta: sinais óbvios de sangramento, vómitos ensanguentados, fezes da cor da borra do café, dores de cabeça, tonturas, equimoses na pele e urina com sangue.

Os doentes hipocoagulados devem respeitar a indicação médica e não aumentar ou diminuir a dose de medicação.carlosedgar.com
Coaguchek
Coaguchek®
Se lembre que os alimentos riscos em vitamina K e as bebidas alcoólicas podem interferir com a acção dos hipocoagulantes, por isso os consuma com moderação - descubra os alimentos ricos em vitamina K.

Fontes bibliográficas
carlosedgar.com
O que perguntamos sobre saude - carlos edgar
Saude 24 horas - carlos edgar
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.