domingo, janeiro 18, 2015

Como tratar o catarro na garganta

Como tratar o catarro na garganta

O muco ou catarro é produzido nas paredes das vias respiratórias (garganta) e tem como principal função a defesa do nosso organismo, o catarro permite reter alguns microorganismos funcionando como uma barreira a infeções (gripe), irritações e alergias. O catarro normal tem não tem cor e tem uma presença reduzida. As suas alterações podem indiciar infeções e outras alterações nas vias respiratória. 

As principais mudanças no catarro são a sua consistência ou viscosidade, a cor, a quantidade, o odor e o sabor.

A consistência ou viscosidade do catarro

O catarro normal é um pouco espesso.

A cor do catarro

O catarro pode ganhar diferentes cores. A cor amarela, verde ou parda, revela uma infeção bacteriana, se for transparente, branco ou aquoso, indica a presença de um vírus, alergia ou irritação e se for raiada de sangue ou com sangue indicia uma alteração pulmonar mais grave, como uma infeção pulmonar ou outro problema pulmonar.

A quantidade do catarro

A quantidade do catarro está aumentada nas infeções, irritações e alergias.

O odor e o sabor do catarro

O catarro não tem habitualmente odor, a presença de odor e sabor pode indiciar uma infeção purulenta (com pus), presença de batérias ou sangue.

Como tratar o catarro da garganta

Como o catarro é uma defesa do nosso organismo não deve ser tratado com uso de medicamentos devemos tomar algumas medidas para aliviar o seu desconforto, quando a produção é excessiva, tem maior consistência ou viscosidade e apresenta mau odor ou sabor. Descubra alguns medidas naturais para aliviar o catarro:
  • beba muita água (a maior parte do catarro é constituída por água - pelo menos 2 litros de água por dia)
  • faça inalações com eucalipto
  • faça aerossóis ou nebulizações 
  • enriqueça a sua dieta com alho ou cebola crua
  • use mel e anis
  • não tome medicamentos sem conselho de um profissional de saúde

Os xaropes e outros medicamentos para o catarro

Devemos sempre optar pela medidas naturais e só fazer medicamentos para o catarro por indicação do médico. Descubra os xaropes expectorantes.

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.