-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A pílula novynette® é um contracetivo hormonal combinado com as hormonas de desogestrel (0,15 mg) e de etinilestradiol (0,02 mg), que está indicada na prevenção da gravidez indesejada. 


Outros componentes: núcleo do comprimido: amido de batata, ácido esteárico, alfa-tocoferol, lactose monohidratada, estearato de magnésio, sílica anidra coloidal, povidona K 30 e E 104 amarelo de quinolina. Revestimento do comprimido: hipromelose, macrogol 6000 e propilenoglicol.

Como tomar a novynette®

Os comprimidos de novynette® têm uma cor amarela pálida e deverão ser tomados todos os dias, à mesma hora (sensivelmente). Cada carteira tem cerca de 21 comprimidos que a mulher deverá tomar durante 21 dias, após estes 21 dias deve ser feita uma pausa de 7 dias. Durante a pausa surgirá a menstruação, normalmente no 3° dia da pausa. Após a pausa, ao oitavo dia, a mulher deve iniciar nova carteira de novynette®.

Como iniciar novynette®

A pílula novynette® deve ser iniciada no primeiro dia da menstruação, posteriormente a menstruação virá na pausa das cartelas.


Caixas de novynette
Caixas de novynette®

Carteira de novynette
Carteira de novynette®

novynette
Novynette®
A pílula novynette® e outros medicamentos

Alguns exemplos de substâncias que interferem com a pílula novynette®: hidantoínas, barbitúricos, primidona, bosentano, carbamazepina, rifampicina, rifabutina, oxcarbazepina, modafinil, topiramato, felbamato, ritonavir, griseofulvina, hipericão, ritonavir, nelfinavir, nevirapina e efavirenz. 

Efeitos secundários ou adversos de novynette®

Efeitos secundários ou adversos frequentes
Humor alterado, náuseas, dor de cabeça, dores de barriga, aumento do peso e tensão mamária.

Efeitos secundários ou adversos pouco frequentes
Eczema, urticária, aumento do volume das mamas, diminuição da libido, vomitos e diarreia.

Efeitos secundários ou adversos raros
Diminuição de peso, corrimento das mamas, intolerância às lentes de contato e aumento da libido.

Fontes bibliográficas
infarmed.pt