-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A diarreia é uma doença ou sintomas que se caracteriza pelo aumento diário e súbito das dejeções, acompanhado por uma alteração na sua consistência, as fezes ficam mais moles e líquidas. As causas mais comuns para o surgimento da diarreia são as infeções por vírus (gastroenterite, rotavírus), as bactérias, parasitas, intoxicações alimentares, alergia alimentares, reações a medicamentos (antibióticos), entre outras.

Complicações da diarreia

A principal complicação da diarreia é a desidratação acompanhada pela perda de nutrientes.

Como tratar um episódio de diarreia

Perante um episódio de diarreia, sem outros sintomas associados, devemos tomar algumas medidas para repor líquidos, nutrientes, parar o numero elevado de dejecções e tornar as fezes mais sólidas. Para conseguir estes objectivos descubra algumas medidas.

10 medidas para tratar uma diarreia

Medida 1 - evitar os laticínios

Medida 2 - evitar os alimentos gordurosos e gorduras

Medida 3 - avaliar a temperatura

Medida 4 - beber uma infusão de chá preto com açúcar

Medida 5 - beber outras bebidas com cafeína

Medida 6 - comer uma maçã oxidada

Medida 7 - enriquecer a sua dieta com cereais integrais, purés de arroz, cenoura, legumes cozidos, gelatina, fruta (banana, maçã, figo, marmelo, uva e pera), água, grelhados e caldo de arroz.

Medida 8 - fazer soluções de hidratação (1 litro de água juntar uma colher de açúcar, uma colher de sal e sumo de laranja ou limão; uma colher de chá de sal e quatro colheres de chá de açúcar em 1 litro de água) ou adquirir na farmácia sais de reidratação

Medida 9 - evitar os seguintes alimentos: manteiga, chocolate, legumes crus, laranja, ameixa, frituras, refogados e refeições pré-feitas.

Medida 10 - não tomar medicamentos sem indicação de um profissional de saúde


Quando devemos recorrer aos serviços de saúde?

Perante alguns sinais e nalgumas situações devemos recorrer aos serviços de saúde, tais como:
  • gravidez
  • crianças com menos 3 anos
  • idosos
  • numa recusa alimentar
  • vómitos persistentes
  • fontanelas (moleirinhas) deprimidas na criança
  • perda de elasticidade da pele
  • língua seca
  • diarreia com sangue ou pus
  • distensão abdominal
  • olhos encovados
  • boca seca ou pouca urina
  • prostração
  • perda de peso acentuada
  • febre elevada (mais de 39º C)

Fontes bibliográficas