8 de junho de 2018

Duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina?


Muitas mulheres têm visitado o blog para saber se e como devem fazer a limpeza da vagina - canal interno que vai desde a vulva até à parte inferior do útero - ficando encerrado com o colo do útero - como tínhamos visto no post - Curiosidades da vagina. Será que precisa de limpar o seu canal vaginal? Quando? E como? É o que vou revelar neste post... espero ajudar...

O interior da vagina

O interior do canal vaginal tem um ambiente próprio, que em equilíbrio consegue ter defesas contra infecções, se lubrificar quando ocorre excitação ou mesmo se limpar naturalmente de restos de sangue, sémen ou corrimento... auto-limpeza? Sem duchas ou duches vaginais?
Duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina?
Fonte: MSDManuais

Duchas ou duches vaginais... sim ou não?

Estes mecanismos naturais ajudam a vagina a manter as suas defesas e características, as duchas ou duches vaginais não estão por isso indicados, pois na sua maioria são agressivos alterando o meio vaginal aumentando o risco de ter infecções, dores nas relações, secura vaginal, cortes, fissuras, inflamações, e outros...

As duchas ou duches vaginais aumentam os riscos de causar estas alterações pelo fato de diminuírem as defesas, alterarem o pH ácido e alertarem a produção de corrimento vaginal... sim o corrimento vaginal normal que é incolor, tipo clara de ovo e que ganha a cor amarela na roupa ou absorvente também é uma defesa.
Duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina?

Duchas ou duches vaginais... após as relações

Muitas mulheres usam esta prática para diminuir os riscos de gravidez, mesmo neste caso é desaconselhado o uso das duchas ou duches vaginais, especialmente com produtos agressivos como o vinagre (brevemente vou falar deste tema num post), as duchas aumentam as chances de ter dores nas relações (penetração mais dolorosa por exemplo), alterar sua lubrificação e interferir com a masturbação.
Duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina?

Mas afinal se não estão indicadas as duchas vaginais, como devemos fazer a limpeza dos genitais?

Como limpar a vagina?

Como falei a limpeza do canal vaginal não está indicado, excepto quando o nosso médico sugere algum tratamento, mas apesar desta contra-indicação a mulher pode manter a sua higiene intima diariamente, se lavando com água e produto de higiene com pH neutro.

Sim pode ser uma loção, um sabonete ou sabão não perfumado com um pH neutro para não alterar o pH vaginal ácido (grande defesa contra a presença e invasão de bactérias).

Para além destes cuidados há ainda algumas dicas para ajudar a prevenir e dar mais saúde à sua vagina, como evitar a roupa apertada, usar roupa interior de algodão, mudar o absorvente muitas vezes, usar o papel higiénico corretamente, não andar a mudar regularmente de marca de absorvente ou sabonete intimo e fazer visitas ao seu médico.
Duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina?

Conclusão: duchas ou duches vaginais... sim ou não? Como limpar a vagina? As duchas ou duches vaginais alteram o meio vaginal, alterando a sua flora, estão por isso contra-indicadas. A sua vagina consegue fazer a sua própria limpeza, para fazer a sua higiene intima basta ter cuidados com os seus genitais externos, com a sua vulva.

Descubra alguns posts relacionados

1 comentário:

  1. Olá, pode deixar seu comentário... se lembre que a informação neste post é apenas para aumentar seu conhecimento sobre o tema... não deixe de procurar seu médico... muito obrigado... :)

    ResponderEliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.

Carlos Edgar

O Carlos Edgar é reconhecido como uma das maiores referências profissionais na Internet na área da contracepção e anticoncepcionais. Autor, de alguns livros e alguns estudos na área da contracepção, com mais de 15 anos de experiência, e que ajuda anualmente mais de 20.000 mulheres com suas dúvidas. Frequenta todos os anos algumas formações para se manter actualizado e ajudar todas as leitoras. Para entrar em contacto com Carlos Edgar, visite a página de contacto. Para informações sobre o Carlos, clique aqui.