quinta-feira, maio 01, 2014

Calos/ calosidades nos pés

Calos/ calosidades nos pés

Porque se formam os calos?

As calosidades são causadas pela deformação do pé, alterações na marcha, algumas doenças (artrite) e pela fricção ou pressão sobre a pele, ligados ao calçado inadequado, atividade profissional ou desportiva. Os calos no pé desenvolvem-se nas zonas de maior apoio.

Como evitar as calosidades?

Para evitar as calosidades devemos aliviar a pressão ou atrito que os pés sofrem.

A melhor maneira de prevenir o desenvolvimento de calos e calosidades, é dar atenção aos seus pés, sempre que sentir uma pressão extra em determinada área do pé. Opte por mudar o calçado que utiliza no local de trabalho, para um calçado mais confortável se prevê que vai caminhar muito.

A hidratação diária da pele é importante, mas não se esqueça, que estes problemas são causados por excesso de pressão. Se sentir que está a desenvolver um calo ou calosidade procure o podologista.

Como posso tratar os calos?

Como tratar os calos e calosidades: elimine as fontes de pressão e atrito (calçado e meias), aplique pensos almofadados para calos para aliviar pressão, remova a pele do calo com lima de cartão (após o amolecer com água morna), utilize palmilhas e se tiver o pé deformado consulte um podologista. Os diabéticos não devem fazer tratamentos em casa, em esteticistas ou com calistas. O uso de calicida está contraindicado.

Que calicida devo comprar para queimar um calo?

Não deve aplicar nenhum calicida, creme, pomada ou mezinha que queimem a pele pois podem causar graves feridas nos pés.

Qual a diferença entre calos secos e calos húmidos?

A diferença está na localização, os calos secos são semelhantes aos calos húmidos (ambos têm uma forma cónica), os calos húmidos são mais comuns entre os dedos ou em locais onde haja maior humidade.

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.