quarta-feira, outubro 26, 2016

Lamotrigina ou lamotrigine

Lamotrigina ou lamotrigine

A lamotrigina é um medicamento anti-epilépticos, usado no tratamento da epilepsia e doença bipolar (prevenção das crises epilépticas (convulsões)).

Como tomar a lamotrigina

A dose recomendada habitualmente, para adultos e crianças com idade superior a 12 anos, é 100 mg a 400 mg por dia (duas tomas por dia). Para crianças entre os 2 e 12 anos, a dose habitual, é entre 1 mg e 15 mg por kg.

Efeitos secundários da lamotrigina

Como todos os medicamentos, a lamotrigina pode causar efeitos secundários.

Alguns efeitos secundários muito frequentes da lamotrigina: vermelhidão, dor na boca ou olhos, febre, sintomas gripais (gripe), sonolência, inchaço na face, glânglios inchados (pescoço, axilas ou virilhas), sangramento ou contusão, dor de garganta, dor de cabeça, tonturas, falta de coordenação, visão dupla ou turva, náuseas e vómitos.

Efeitos secundários frequentes da lamotrigina: agressividade, irritabilidade, nistagmo, tremores, insónia, diarreia, boca seca, cansaço, dor nas costas ou articulações.

Efeitos secundários raros da lamotrigina: comichão nos olhos e conjuntivite.

Lamotrigina e outros medicamentos

Alguns medicamentos podem interferir com a lamotrigina tais como: oxcarbazepina, felbamato, gabapentina, levetiracetam, pregabalina, topiramato, zonisamida, lítio, bupropiom, valproato, carbamazepina, fenitoína, primidona, fenobarbital, olanzapina, risperidona, rifampicina, lopinavir, ritonavir, atazanavir e contraceptivos hormonais.

Fontes bibliográficas
infarmed.pt
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.