-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Pilula ideal, escolher a pilula ideal

A escolha da pilula deve ser feita pelo médico de forma a adaptar o tipo de pilula às características da mulher e para se atingirem os objetivos que se pretendem - contraceção, acne, pelos, ovários policisticos, entre outros. Ao ser acompanhada pelo médico a jovem tem apoio na fase de adaptação e só deverá iniciar a pilula, após uma avaliação minuciosa, alguns parâmetros que devem ser avaliados antes da escolha do tipo de anticoncecional:
  • avaliação da tensão arterial
  • avaliação do IMC (peso e altura)
  • palpação da mama
  • citologia
  • exame ginecológico
  • avaliação analítica (analises)

Pilula para acne e para os pelos

A maioria das jovens inicia uma pilula para tratar a pele e o excesso de pelos, normalmente as pilulas escolhidas são de grande dosagem hormonal e destinam-se a tratar estas características androgénicas e apesar de terem ação contracetiva não deverão ser mantidas muito tempo. Fonte: Pilula para tratar acne/ pilula para diminuir os pelos


Ao fazer uma pilula com elevada dosagem hormonal, as mulheres podem ser aconselhadas a mudar para um anticoncecional de menor dosagem para diminuir os riscos associados ao uso dos anticoncecionais hormonais. A mudança deve ser sugerida pelo médico e é normal a mulher passar por um período de adaptação que pode durar até 3 ciclos, durante esta fase podem surgir alguns efeitos secundários, como sangramentos (spotting), acne, náuseas, barriga inchada e outras alterações menstruais.

Pilula e a gravidez

As jovens que usam a pilula e a tomam corretamente, mesmo que seja apenas com a finalidade de melhorar a pele, estão protegidas da gravidez. Algumas situações que podem alterar a eficácia e proteção contra a gravidez:



Fontes bibliográficas