-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page



Muitas vezes as mulheres ficam preocupadas quando têm que usar algum antibiótico pairando sempre o medo da pílula perder sua eficácia e a mulher engravidar. Mas será que todos os antibióticos interferem com a pílula?

Os antibióticos e a pílula

Recentemente a Organização Mundial de Saúde veio confirmar que somente os antibióticos rifampicina e rifabutina interferem com a eficácia da pílula. Pode conferir neste artigo: nhs.uk

Tomar antibiótico na pausa da pílula

Quando me perguntam se correm riscos, eu continuo seguindo a informação e conselhos das bulas e sugiro que a mulher se proteja e tome medidas se usar amoxicilina, penicilina e tetraciclinas. A mulher deve se proteger durante o tratamento e nos 7 dias seguinte, se o tratamento terminar na ultima semana da cartela a mulher deve iniciar a nova cartela sem fazer pausa.

Por isso acabei recolhendo o nome de alguns antibióticos que não interferem para ficar mais descansada: azitromicina, claritromicina, clindamicina, ciprofloxacina (ciprofloxacino), doxiciclina, fosfomicina, levofloxacina (levofloxacino), metronidazol, nitrofurantoína, norfloxacina (norfloxacino) e ofloxacina (ofloxacino).

E se a mulher tomar o antibiótico apenas na pausa ou semana de descanso entre as cartelas?

Tomar antibiótico na pausa da pílula

Se tomar o antibiótico na pausa não tem riscos, pois o antibiótico não vai cortar a eficácia da pílula, pois a mulher não está tomando a pílula. Depois ao iniciar a nova cartela a mulher continua protegida.
Tomar antibiótico na pausa da pílula

Descubra alguns posts relacionados