12 de março de 2018

Purés de fruta até 1 ano de idade: dicas de preparação para os pais


Os purés de fruta são dos produtos com maior oferta nas prateleiras do supermercado, atualmente podemos encontrar muitas variadas, com as diversas frutas, vegetais, bolachas, leite, iogurtes... mas será mesmo que este tipo de produtos são uma boa opção para o nosso bebé?

Como é habitual continuo relembrando que a preparação mais natural, sem corantes ou conservantes é a melhor solução, para o nosso bebé... a fruta natural tem maior quantidade de vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais... e é mais barata... mas não devemos mesmo usar?

Sim pode usar, mas apenas em situações de recurso... só a tipo de exemplo podemos falar na quantidade de açúcar e preço de alguns purés de fruta que encontrei na prateleira do supermercado, confira (nome fruta/ preço por quilo/ quantidade de açúcar em g por cada 100 g de produto/ percentagem de açúcar no pote):
  • sobremesa puré fruta maçã- pera Longa Vida/ €4,23/ 14 g/ 14% de açúcar
  • fruta maça /pera Nestlé/ €5,30/ 12 g/ 12% de açúcar
  • sobremesa pera williams Babybio/ €11,50/ 7,75 g/ 7,75% de açúcar
  • sobremesa compota maçã/ Rik & Rok/ €5,53/ 14 g/ 14% de açúcar
  • fruta pura maçã + pêra/ Blédina/ €5,55/ 9,7 g/ 9,7% de açúcar
  • boião fruta pera e maçã/ Nestlé/ €6,23/ 13 g/ 13% de açúcar
  • boião banana e maçã/ Nutribén/ €5,31/ 13,9 g/ 13,9% de açúcar
Puré de fruta Nestlé

Como pode conferir para além das quantidades de açúcar elevadas os preços são muitos elevados, se comparamos com o preço da fruta da época... então vamos falar nos purés de fruta... 

Purés de fruta até 1 ano de idade: dicas de preparação para os pais

A introdução dos alimentos na alimentação do bebé deve ser feito com critério, de forma faseada, para cumprir alguns objetivos. Muitos pais perguntam porque é necessário estar com tantos cuidados na introdução dos alimentos? Tem sentido?

Sim tem, um bebé pode ser amamentado com o leite da sua mãe até aos 6 meses, idade em que se deve introduzir os alimentos pois o leite materno, a partir desta idade, não consegue fornecer a quantidade de vitaminas, energia, proteínas, ferro e zinco necessárias... 

A diversificação deverá se iniciar para estimular a adaptação de algumas hormonas no nosso corpo (com a introdução dos alimentos passamos a ter uma dieta mais rica em hidratos de carbono), contribuir para o processo de crescimento, para o desenvolvimento do sistema digestivo, maturação de alguns órgãos e estimulação do sabor e texturas.
Purés de fruta até 1 ano de idade: dicas de preparação para os pais

A fruta ganha cada vez maior papel na diversificação, e hoje sabemos que uma alimentação rica em fruta é suficiente para fornecer a quantidade de vitaminas e nutrientes ao bebé, não sendo necessários suplementos, claro que a fruta deve fazer parte da dieta, mas não deve substituir refeições, mesmo se fizer purés e papas.. 

Purés de fruta até 1 ano de idade

A partir dos 6 meses os pais podem dar uma grande quantidade de fruta, após os 6 meses podemos dar maçã, pera, banana, manga, papaia, abacate, melão, marmelo e meloa. Frutos como o morango, amora, framboesa, kiwi, abacaxi, cereja, maracujá e laranja somente após o ano de idade.

Para fazer os purés o mais indicado é usar um tipo de fruta isolado para estimular e educar o paladar do bebé, e fruta bem madura (nos primeiros purés de uma fruta pode cozer para quebrar as fibras mais facilmente e a digestão ser mais simples para o bebé, por exemplo no caso da maça, marmelo e pera).

Receitas de purés de fruta e dicas de preparação para os pais

Apesar de ser mais indicado fazer o puré com um tipo de fruta, pelo menos na fase inicial, mas tarde podemos juntar alguns dos frutos que referi para aumentar a quantidade de nutrientes que o nosso bebé vai ingerir.

Para fazer um simples puré basta cortar a fruta em pequenas porções e com auxilio de um garfo ou trituradora esmagar ou triturar até obter uma puré. O ideal é fazer o puré na hora e não acrescentar açúcar ou sal.

Purés com mais do que um tipo de fruta

Puré de manga e banana

Ingredientes: 1 banana e 1 manga pequena

Modo de preparação: descasque e corte em pequeno pedaços as frutas. Processe-as num liquidificador. 

Puré de manga e maçã

Ingredientes: 1 maçã e 1 manga pequena

Modo de preparação: descasque e corte em pequeno pedaços as frutas. Processe-as num liquidificador.
Purés de fruta até 1 ano de idade: dicas de preparação para os pais

Puré de maçã, pera e canela

Ingredientes: 1 maçã, 1 pêra e canela em pó (pitada)

Modo de preparação: descasque e corte em pedaços as frutas, num tacho coza a fruta com uma pitada de canela em pó durante 5 a 7 minutos. Escorra a água e triture até formar um puré.

Puré de maçã, marmelo e canela

Ingredientes: 1 maçã, meio marmelo e canela em pó

Modo de preparação: descasque e corte em pedaços as frutas, num tacho coza a fruta com uma pitada de canela em pó durante 5 a 7 minutos. Escorra a água e triture até formar um puré.

Puré de abacate e melão

Ingredientes: 1 fatia de melão pequena e meio abacate maduro

Modo de preparação: descasque e corte a fruta em pedaços. Esmague com ajuda de um grafo até obter um puré homogéneo.

Puré de abacate e pera

Ingredientes: 1 pera e meio abacate maduro

Modo de preparação: descasque e corte a fruta em pedaços. Esmague com ajuda de um grafo até obter um puré homogéneo.

Puré de abacate e meloa

Ingredientes: 1 fatia de meloa pequena e meio abacate maduro

Modo de preparação: descasque e corte a fruta em pedaços. Esmague com ajuda de um grafo até obter um puré homogéneo.

Mais algumas dicas para os pais
  1. Outra opção de conservação é congelar os purés em taças individuais para aproveitar as frutas de época.
  2. Deve ter atenção aos caroços, sementes e pevides.
  3. A fruta rica em vitamina C deve ser consumida com legumes ricos em ferro, como feijão, lentilhas, agrião e salsa, para facilitar a absorção do ferro (o nosso corpo tem maior dificuldade em absorver o ferro nos alimentos vegetais, a vitamina C facilita essa absorção).
  4. Nalguns países a diversificação alimentar é feita com ajuda do leite, podendo também ter opção para tornar os purés mais líquidos.
Espero ter ajudado com mais este post, que foi elaborado seguindo as recomendações da Acta Pediátrica da Sociedade Portuguesa de Pediatria (confira em PDF). Obrigado por continuar lendo... 😊
Acta Pediátrica da Sociedade Portuguesa de Pediatria

Descubra alguns posts relacionados

8 comentários:

  1. Olá doutor, boa noite. Levando em conta que tomei dois comprimidos anticoncepcionais em um dia, que não repus esse comprimido e que só consigo a eficácia novamente após 7 dias tomando. Poderei me sentir totalmente segura à ter relações 4 dias depois de já ter tomado os 7 dias? Ou seja, 11 comprimidos no total (7 para repor a eficacia + 4 de dias habituais)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola, sim vai estar protegida... ando por aqui... :)

      Eliminar
    2. Outra pergunta, se no caso eu tivesse relações no 2 dia após os 7 ainda assim estaria protegida, né? Pois já teria tomado os 7. (7 para repor eficácia+2 de dias habituais.)

      Eliminar
    3. Olá, sim estaria, peço desculpa, por vezes me perco um pouco... :) ando por aqui...

      Eliminar
    4. Então deixa eu explicar melhor... Eu anticoncepcional, e mês passado eu tomei de forma errada, tive casos de diarreia e fui ao banheiro. E como eu já tinha tomado a pilula(que a eficácia tinha sido perdida pela diarréia) eu fui e tomei outra. Minha cartela acabou antes(porque não repus o comprimido) e eu dei a pausa de sete dias. E voltei a tomar meu anticoncepcional normalmente, só que precisa tomar 7 dias para repor a eficácia. Já tomei os 7 dias, e já estou no 9° comprimido. E como já se passaram os 7 dias eu queria saber se é seguro e posso ter relações mesmo que seja um dia depois de ter tomado os 7 comprimidos para repor a eficácia? No caso, foi seguro ter relações dois dias depois de ter tomado os 7 comprimidos para repor a eficácia? (Após sete dias a eficácia já está garantida)

      Eliminar
    5. Olá, sim é seguro, já repôs após 7 dias seguidos de pílula, ando por aqui... :)

      Eliminar
    6. Doutor, em um vídeo eu vi que a eficacia só estava garantida após dez dias seguidos. E isso me preocupou. Mas, fui olhar na bula do meu remédio e eles usam os 7 dias para esquecimentos. Então, normalmente usam 7 dias para repor eficacia também. Posso ficar despreocupada?

      Eliminar
    7. Olá, sim pode... 7 dias é suficiente, ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.