13 de novembro de 2017

Viajar com a insulina



Já tinha falado nos cuidados que temos que ter para conseguir viajar com a medicação crônica, como a insulina, pode conferir no post - viajar com medicamentos. Depois dos ataques do 11 de setembro as companhias aéreas implementaram algumas regras para aumentar a segurança dos voos e como consequência passamos a ser obrigados a cumprir mais algumas regras.

Viajar com a insulina

Os medicamentos foram alvo destas novas regras, e como a insulina é um medicamento imprescindível e que tem que acompanhar a pessoa, as normas alteram... se vai viajar e precisa de levar a sua insulina deve se lembrar destas restrições e pedir ao seu médico uma declaração médica que ateste a sua medicação cronica, uma receita com os nomes genéricos dos seus medicamentos e deve se informar junto da companhia para garantir que a sua insulina vai ser transportada no frio (confira este post).
Viajar com a insulina

É importante saber se no país que vai visitar a sua insulina é comercializada, ajustar a dose e tratamento aos novos horários das refeições, andar sempre com merenda (especialmente se vai fazer longas caminhadas) e fazer-se acompanhar com o seu kit de diabético (insulina, medidor, pacote de açúcar, duas a três bolachas, cartão de identificação de diabético insulinotratado e garrafa de água).

Descubra alguns posts relacionados

0 Comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.