13 de dezembro de 2017

Síndrome do coração partido



Fiquei com o coração partido… esta e outras expressões ficaram célebres na literatura, no cinema e acabaram por invadir o nosso quotidiano traduzindo sentimentos de decepção, tristeza e desesperança... mas será que é possível morrer com o coração partido?

No ano de 1990, foi descrito pela primeira no Japão, esta alteração no coração, a cardiopatia takotsubo (utensílio de barro utilizado na pesca artesanal japonesa que funciona de forma semelhante a um coração que sofre deste síndrome) foi descrita como uma disfunção transitória no ventrículo esquerdo, associada a dor torácica.

O nosso coração acaba por receber o sangue nas aurículas que bombeiam para os ventrículos, o ventrículo esquerdo é responsável pelo bombeamento do sangue para o nosso corpo.

Síndrome do coração partido

O síndrome do coração partido ou miocardiopatia de stresse está associado ao stresse emocional ou físico, trata-se de uma cardiopatia na qual o músculo cardíaco tem um funcionamento irregular, não havendo outros problemas associados como doença coronária, hipertensão ou outras doenças cardíacas. Este funcionamento irregular é apenas ao nível do ventrículo esquerdo que não consegue bombear o sangue para o corpo, apesar das outras cavidades e estruturas do coração funcionarem normalmente (coração partido).
Síndrome do coração partido

Sintomas síndrome do coração partido

Os sintomas mais referidos pelos doentes surgem de forma súbita e podem ser dor no peito, dificuldade em respirar, suor excessivo, palpitações, náuseas, vómitos, tonturas e desmaio.

Quem tem mais riscos? Homens ou mulheres?

Os estudos revelam que cerca de 80% das pessoas que sofrem desta síndrome são mulheres, após a menopausa, a idade (+50 anos), doentes epilépticos e lesões cerebrais são outros fatores de risco. No homem este síndrome surge mais associado a situações de stresse físico.

Espero ter ajudado com mais este post... obrigado por continuar lendo... 😊

Descubra alguns posts relacionados

1 comentário:

  1. Ola, pode deixar seu comentário... mas não se esqueça de publicar anonimamente e omitir palavras como relação... e outras... desta forma r*******, se*****, pres****** cami*******... obrigado, ando por aqui... :)

    ResponderEliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.