24 de junho de 2015

Cervicite ou endocervicite - inflamação do colo do útero

A cervicite ou endocervicite é uma inflamação do colo do útero que ode ser provocada por diversas causas, como alguns microorganismos (doenças sexuais como gonorreia, herpes, clamídia ou infecções bacterianas), secura vaginal, devido à relação sexual, alergia ao látex, espermaticidas (espermicidas), tampões, irrigações vaginais ou mesmo após um parto ou aborto.

Sintomas da cervicite ou endocervicite

A ocorrência de uma cervicite é mais comum nas mulheres jovens entre os 18 e os 25 anos, por causas bacterianas, sendo que a maioria das mulheres não revela sintomas. 

Os sintomas mais comuns da cervicite ou endocervicite são a irritação ou desconforto vaginal, vermelhidão do colo do útero (descoberta durante o exame ginecológico - citologia ou papanicolau), corrimento vaginal vermelho, castanho ou marrom, sangramento após a relação, dor pélvica, dor durante as relações e febre.

A cervicite ou endocervicite deve ser tratada para que não se torne cronica e a mulher não tenha mais riscos de doença inflamatória pélvica, infertilidade, gravidez ectopica e câncer ou tumor do colo do útero.

Tratamento da cervicite ou endocervicite

O tratamento da cervicite ou endocervicite tem como objetivo anular a causa da inflamação, torna-se por isso muito importante que faça visitas regulares ao seu médico e que não esconda nenhum fato de sua historia clínica, o numero de parceiros, as dores nas relações sexuais, corrimentos vaginais, sangramentos, mudança de anticoncepcionais e uso de produtos de higiene intima podem ser dados que seu médico precise para avaliar.

O tratamento da cervicite ou endocervicite pode basear-se na aplicação de alguns medicamentos hormonais, antibióticos, antifungicos, lubrificantes e suspensão das relações durante o tratamento. Mantenha os cuidados de higiene intima.

Fontes bibliográficas

8 comentários:

  1. Boa tarde! Resultado do meu preventivo consta endocervicite crônica com metaplasia escamosa. Preciso de tratamento?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim seu médico pode sugerir, deve falar com ele... brevemente vou publicar um post com esse tema... ando por aqui... :)

      Eliminar
  2. Olá.
    Fiz histeroscopia com biopsia de endometrio e no laudo deu como "possível diagnostico" endometrite cronica e endocervicite,so que na biopsia deu negativo para endometrite,porém ñ cita nada sobre a endocervicite. Teria como o médico da histero ter se enganado quanto a endocervicite ou a biopsia não examina este problema

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não enganou, repare que deu duas hipóteses, e na biopsia exclui uma, deve falar com seu médico para ele avaliar e encaminhar... ando por aqui... :)

      Eliminar
  3. Meu resultado deu endocervicite mas meu médico não viu no dia q levei o resultado para ele,me passou uma pomada caríssima por sinal!
    No 3° dia de uso tive um pequeno sangramento e como eu não tenho útero nem ovários estranhei,voltei no médico e foi ai q ele viu a endocervicite e falou q teria q fazer uma cauterização. Gostaria de saber se nesse caso é necessário msm uma cauterização?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, se seu médico indicou deve seguir sua recomendação... confie nele, ando por aqui... :)

      Eliminar
  4. Ola minha medica disse que meu utero ta meio avermelhado o que pode ser? Obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ode conferir no post algumas causas possíveis, deve seguir suas indicações... ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.