quarta-feira, agosto 26, 2015

Gravidez ectópica - gravidez tubária

Gravidez ectópica - gravidez tubária

Gravidez ectópica - gravidez tubária

Após a fecundação o ovo migra da trompa para o útero, onde se vai fixar, quando o ovo e fixa fora do útero, dizemos que sua gravidez é ectópica, ou seja fora do lugar, em cerca de 95% dos casos a implantação ocorre nas trompas, daí ser também chamada de gravidez tubária.

Causas da gravidez ectópica

A gravidez ectópica pode acontecer a qualquer mulher, normalmente ocorre por estreitamento ou torção das trompas de Falópio, hoje sabemos que há mulheres com maior risco, as mulheres fumadoras, com história de doenças sexuais pélvicas (clamídia ou gonorreia por exemplo), que já tiveram uma gravidez ectópica, que usam DIU, com laqueação ou laqueadura das trompas, com endometriose, com história de cirurgia abdominal, gravidez com fertilização in vitro ou com o aumento da idade têm seu risco aumentado.

A gravidez ectópica é um tipo de gravidez de risco, que exige a intervenção médica de urgência, para evitar que o feto se desenvolva e crie ruturas nas trompas e outros órgãos.

Um feto numa gravidez ectópica acaba por não ser viável e tem que ser retirado, para evitar riscos para a progenitora.

Sinais e sintomas de uma gravidez ectópica

Uma gravidez ectópica acaba por ser observada a partir da 4ª semana, altura em que os sintomas são muito evidentes e a mulher não consegue tolerar as dores, o desconforto e as hemorragias.

Resumos dos sintomas de uma gravidez ectópica (sintomas e sinais de uma gravidez normal):
  • urinar mais vezes
  • aumento mamário
  • náuseas
  • sangramento vaginal
  • cólicas abdominais
  • dor abdominal forte e súbita que irradia para os lados

A hemorragia interna é uma complicação da gravidez ectópica e caso ocorra pode notar tonturas, transpiração, desmaio, diarreia, palidez ou choque.

Tratamento da gravidez ectópica

A gravidez ectópica deve ser tratada de imediato para evitar ruptura dos órgãos, normalmente é feita a interrupção da gravidez, com medicação, numa fase inicial, ou através de cirurgia.

Fontes bibliográficas
Partilhe

6 comentários:

  1. Edgar, estou na quinta ou sexta cartela de yaz, sempre tomei corretamente, respeitando a pausa e os horários. Agora no 12º da quinta ou sexta cartela, iniciei ibuprofeno e com ele notei sangramentos de escapes. Obs: tive sangramentos de escape na terceira cartela somente e agr na quinta/sexta eles apareceram. Será que a eficácia foi perdida?

    Obs: tive relações no dia que iniciei ibuprofeno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      não tem risco, pois mantém a pílula e o ibuprofeno não interfere com a pílula... pode ficar tranquila, mantenha a pílula e as melhoras... ando por aqui... :)

      Eliminar
  2. Edgar, trocar de camisinha antes de ejacular oferece muitos riscos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não oferece se for colocada corretamente... se precisar ando por aqui... :)

      Eliminar
  3. Existe alguma recomendação para que não se use anticoncepcional após a refeição? Já que após as refeições costumamos defecar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não há nada contra pode usar sem problemas... se precisar ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.