sábado, agosto 15, 2015

Candidíase na gravidez

Candidíase na gravidez

Na gravidez a mulher tem muitas alterações hormonais, sendo o aumento dos estrogénios uma dessa alterações, este aumento pode criar alterações no meio vaginal alterando suas defesas o que pode levar à invasão e multiplicação das batérias que vivem na região intima da mulher, como é o caso da Candida Albicans. A Candida Albicans é uma batéria responsável pela candidíase, que pode ocorrer ao nível vaginal, na boca do bebê, na mama, e noutras regiões.


Candidíase na gravidez

Na gravidez a mulher tem um aumento do corrimento vaginal, que deve ser incolor, semelhante ao aspeto da clara de ovo, se o corrimento for branco, tipo leite talhado ou iogurte, notar coceira, ardor e dor a urinar e queimação, a grávida está com uma candidíase vaginal, infeção por Candida Albicans.

Prevenção da candidíase na gravidez

A grávida pode prevenir a candidíase com algumas medidas que evitam as alterações do meio vaginal assim deve preferir roupa de algodão, evitar os produtos de higiene intima agressivos (prefira os de pH neutro), evitar usar roupa justa, evitar os absorvente e papel higiênico com odor, evitar os duches vaginais, aplicação de cremes sem indicação médica e ter muitos parceiros. Estas medidas também podem acompanhar o seu tratamento.


O tratamento para candidíase na gravidez deve ser indicado pelo seu médico, normalmente é sugerida a aplicação de creme vaginais ou pomadas antifúngicas (tratar vaginites). O seu companheiro também pode necessitar de fazer tratamento se tiver também alterações (mais raro - balanite).

Se notar algum sintoma de candidíase deve falar com seu médico, se lembre que pode só apresentar corrimento branco e espesso, nesse caso deve também falar ao seu médico. Faça a vigilância da sua gravidez conforme indicado por seu médico.


A candidíase na gravidez não prejudica o bebê, mas é muito importante a grávida fazer o tratamento para não contaminar o bebê durante a passagem pelo canal do o parto (trabalho de parto). Um parto natural com a mulher com uma candidíase aumenta as chances do bebê ter sapinhos.

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.