sexta-feira, agosto 07, 2015

Queda de cabelo - causas

Queda de cabelo - causas

Pois é hoje vamos falar de queda de cabelo, um problema que me afeta também, resolvi por isso partilhar este post e ao mesmo tempo aprofundar meus conhecimentos. A queda de cabelo é normal, pois o nosso cabelo precisa de se regenerar, é comum o cabelo cair e notarmos pequenos cabelos a nascer, o problema é quando o cabelo cai e não há reposição, nesse caso estamos perante um problema de saúde, também chamado de alopécia.


A queda de cabelo pode ocorrer em ambos os sexos embora as mulheres fiquem mais preocupadas, é muito comum me perguntarem se é normal nesta ou noutra situação ter maior queda de cabelo, brevemente irei publicar um post sobre a queda de cabelo e o uso de anticoncepcionais.

As causas mais frequentes da queda de cabelo no homem são a idade, calvície, estações do ano, alimentação pobre, anorexia, fatores genéticos, doenças capilares, doenças de pele, tinhas, micoses, doenças infecciosas ou autoimunes, alterações metabólicas, alterações emocionais, estresse, ansiedade, luto, depressão, quimioterapia, radioterapia, alguns medicamentos, tumores, entre outras.

As causas mais frequentes na mulher são as variações hormonais, o inicio das estações do ano, inicio de anticoncepcionais hormonais, idade, doenças da tireoide, doenças de pele, anemia, alimentação pobre, dietas desequilibradas, emagrecimento repentino (emagrecer), anorexia, alterações metabólicas, alterações emocionais, estresse, ansiedade, luto, depressão, quimioterapia, radioterapia, alguns medicamentos, tumores, amamentação, gravidez, menopausa, parto e doenças infecciosas ou autoimunes.

Quando deve procurar ajuda de seu médico?

Diariamente sofremos a queda de cerca de 100 cabelos, fazendo parte da regeneração normal do nosso couro cabeludo, apesar de serem muitos cabelos, a verdade é que podemos ter entre 70 000 a 120 000 cabelos, dependendo da sua cor e essa perda não tem grande significado. Devemos procurar nosso médico quando notamos maior queda sem razão aparente e notamos outras alterações no cabelo, como estar mais fraco, menos brilhante ou mais oleoso. Espero ter ajudado.

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.