segunda-feira, novembro 09, 2015

Intestino preso, o que deve fazer?

Intestino preso, o que deve fazer?

Quase todos os dias falo com pessoas que se queixam de ter o intestino preso (prisão de ventre), é um problema frequente e que pode ter variadas causas como doenças neurologicas, alterações no intestino (fissuras anais, hemorroidas, oclusão do intestino, pólipos, canceres ou tumores), gravidez, diabetes, medicamentos (anti-ácidos, sedativos, narcóticos, anti-hipertensores, suplementos de ferro), desidratação, alimentação pobre em fibras, alterações na rotina, viagens, estresse e ansiedade, cafeína, vida sedentária, entre outras.
Intestino preso, o que deve fazer?

Na prisão de ventre o nosso intestino não tem tantos movimentos, o que vai levar a uma progressão mais lentas da fezes, tornando-as mais secas, por se dar maior absorção de água no intestino grosso. 

A prisão de ventre pode causar alguns sinais e sintomas como as
  • cólicas
  • desconforto
  • abdómen volumoso
  • enfartamento
  • sangue vivo nas fezes
  • sensação de evacuar

Intestino preso, o que deve fazer?

Para melhorar o seu intestino deve atuar em 3 vertentes, na dieta, na melhoria dos seus intestinos e na eliminação.

O que deve fazer na dieta
  • beba muita 1,5 litros de água/ dia
  • tenha dieta rica em fibras (dieta rica em vegetais, fruta, abóbora (mucilagens), pão integral, cereais integrais e flocos de aveia)
  • beba bebidas de chicória
  • ingira cereais de gérmen, farelo de trigo ou flocos de aveia ao pequeno-almoço
  • evite os alimentos riscos em gordura
  • ingira os vegetais no inicio das refeições
  • evite a cafeína
  • coma um iogurte pró-biótico após as refeições
  • diminua o consumo de produtos lácteos
  • beba sumo de ameixa

O que deve fazer para promover a saúde dos seus intestinos
  • diminua o ritmo de sua rotina
  • estabeleça um horário para defecar
  • faça exercício físico
  • não salte as refeições
  • mastigue bem os alimentos
  • faça as refeições pausadamente

O que deve fazer para conseguir defecar melhor
  • massaje o abdómen
  • estimule a região anal
  • use laxantes (só por conselho médico)
  • ingira diariamente duas colheres de óleo de ricínio em jejum
  • se sofre de hemorroidas ou fissuras aplique supositório de glicerina antes de defecar

Fontes bibliográficas
Partilhe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.