-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Usou a pílula do dia seguinte? Participe no meu novo estudo e me ajude a melhorar os posts... participe aqui...
Pílula do dia seguinte causa sangramento?

A pílula do dia seguinte é um anticoncepcional de emergência que deve ser feito até 3 dias (levonorgestrel 1,5 mg) ou até 5 dias (acetato de ulipristal), após a relação desprotegida, a sua toma de ser feita o mais próximo possível da hora da relação, pois a proximidade aumenta sua eficácia (eficácia da pílula do dia seguinte).

Como funciona a pílula do dia seguinte

A sua acção consiste na inibição ou atraso da ovulação, que se dá pela supressão do pico da hormona LH. Se o pico desta hormona em nosso ciclo menstrual ocorrer antes da toma da pílula do dia seguinte ela já não fará efeito, daí ser importante tomar o mais precocemente possível.

A toma da pílula do dia seguinte confere à mulher protecção de uma gravidez indesejada, a mulher deve manter o seu método contraceptivo habitual. Se o seu anticoncepcional for hormonal deve-se proteger nos 7 dias seguintes, com preservativo ou abstinência, para repor a eficácia. Não é necessário o surgimento de efeitos adversos para termos uma prova que a pílula do dia seguinte fez efeito.


Pode causar, os estudos revelam que somente 30% das mulheres, que usaram a pílula do dia seguinte, apresentaram nos 2 dias seguintes, tensão mamária, spotting, escapes irregulares ou mesmo atrasos menstruais. O sangramento ou escape não tem que ocorrer em todas as mulheres, o facto de não surgir não revela que a pílula do dia seguinte não fez efeito.

Outros efeitos adversos muito frequentes (+ de 1 mulher em cada 10 que usa pode notar)

A pílula do dia seguinte pode causar tonturas, dores de cabeça, náusea, dor abdominal, dor no útero, menstruação abundante e fadiga. 

Fontes bibliográficas
infarmed.pt