-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Tenho recebido centenas de perguntas sobre o risco de trombose e o uso de anticoncepcionais hormonais combinados, cada vez existem mais ecos de mortes ou acidentes trombóticos causados pela pilula e outros anticoncepcionais hormonais combinados, o que devemos fazer? Estamos todos a correr riscos?


Como todos os medicamentos os anticoncepcionais hormonais combinados têm riscos e benefícios, recentemente as autoridades europeias do medicamento fizeram uma revisão sobre o risco de trombose (risco tromboembólico - trombose venosa profunda e tromboembolias) dos anticoncepcionais hormonais combinados, em que se conclui que o risco de trombose associado aos anticoncepcionais hormonais combinados é pequeno. A revisão teve por base alguns estudos efetuados, onde se verificou que o risco de trombose depende do tipo de hormonio progestagénico usado.

Os resultados apontam para menor risco para as utilizadores de anticoncepcionais hormonais combinados com levonorgestrel, noretisterona ou norgestimato. O quadro resumo revela o risco de trombose dos anticoncepcionais hormonais combinados por hormonio progestagénico presente na sua composição (risco estimado de trombose por 10.000 mulheres utilizadoras):
  • mulher sem uso de hormonais combinados - risco de 2 casos
  • levonorgestrel - risco de 5 a 7 casos
  • noretisterona ou norgestimato - risco de 5 a 7 casos
  • etonogestrel ou norelgestromina - risco de 6 a 12 casos
  • gestodeno, desogestrel ou drospirenona - risco de 9 a 12 casos

A cloromadinona, dienogest e momegestrol acetato aguardam confirmação de estudos que ainda estão a decorrer.

Os medicamentos com ciproterona como não são anticoncepcionais não foram referidos, embora os estudos revelam maior risco.

A mulher que usa anticoncepcionais hormonais combinados não tem benefícios na paragem do anticoncepcional, até porque se sabe que o risco de trombose é maior quando a mulher inicia ou reinicia (em situações de pausa de 4 ou mais semanas) os anticoncepcionais hormonais combinados.

Devemos parar de usar os anticoncepcionais hormonais combinados?

Não devemos parar de usar, pois os seus benefícios ultrapassam os riscos inerentes ao seu uso, cada mulher deve ser avaliada e escolhido o método adaptado aos seus objetivos, características e fatores de risco.

As mulheres com fatores de risco devem ser desaconselhadas a usar os anticoncepcionais hormonais combinados, alguns fatores de risco:
  • obesidade
  • tensão arterial elevada
  • colesterol elevado
  • fumantes

O uso das pílula do dia seguinte e da pílula continua, sem pausas entre as cartelas, aumenta o risco de tromboembolismo.

Fontes bibliográficas
infarmed.pt