-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O adesivo hormonal lisvy® é um método anticoncepcional de média duração, que consiste na aplicação de um adesivo transparente com cerca de 3,74 cm na pele.


Adesivo hormonal lisvy®


Composição hormonal do adesivo hormonal lisvy®

O adesivo hormonal lisvy® é composto pelos hormônios gestodeno e etinilestradiol.


Adesivo hormonal lisvy®

Como funciona o adesivo hormonal lisvy®

O adesivo hormonal lisvy® liberta uma quantidade regular de hormônios para o corpo da mulher garantindo dessa forma que não ocorre ovulação e o muco cervical fica mais espesso não permitindo a progressão dos espermatozoides. O adesivo hormonal lisvy® liberta cerca de 60 ug de gestodeno + 13 ug de etinilestradiol por dia (equivalente a 20 ug de estinilestradiol oral).


Adesivo hormonal lisvy®

Como aplicar e usar o adesivo hormonal lisvy®

O adesivo hormonal lisvy® deve ser aplicado na pele, abdómen (cole o adesivo sentada para evitar colar numa dobra da barriga), nádegas e parte lateral superior dos braços. A mulher deve aplicar o adesivo hormonal lisvy® semanalmente, um adesivo por semana, durante 3 semanas - 3 adesivos seguidos seguindo-se uma semana descanso. Exemplo de esquema: Aplica o adesivo 1 após 1 semana retira e coloca outro e na semana seguinte aplica o terceiro. Depois de 21 dias de uso faz a semana de descanso durante a qual deverá surgir sua menstruação.



Deve vigiar regularmente o adesivo hormonal lisvy® para evitar que descole, para não correr riscos.
Adesivo hormonal lisvy®

Como iniciar o adesivo hormonal lisvy®

Se vai iniciar o uso de colocação do adesivo hormonal lisvy® deve colar o primeiro adesivo no primeiro dia da menstruação.


Adesivo hormonal lisvy®

Efeitos adversos do adesivo hormonal lisvy® 

Como todos os anticoncepcionais hormonais combinados o adesivo hormonal lisvy® pode causar alguns efeitos adversos, tais como:

Local de aplicação do adesivo: comichão, irritações e erupção cutânea.

No corpo da mulher: enxaqueca, labilidade emocional, náuseas, sangramento ou spotting, dor mamaria, alterações na libido, entre outras.

Fontes bibliográficas