7 de agosto de 2017

O meu filho não pára de vomitar - e agora o que faço? Causas e dicas...



Ter um vômito é terrível, é uma sensação péssima especialmente se for um vómito numa criança ou bebé, os pais ficam preocupadissimos... mas quais serão as verdadeiras causas?

As causas mais comuns dos vómitos podem ser a gravidez, alguns medicamentos, enfarte do miocárdio, vertigens, alterações no equilíbrio, viagens, doença do ouvido, enxaquecas, indigestão, gastroenterite, alergia aos alimentos, alergia à lactose ou ao leite de vaca, consumo de bebidas alcoólicas, outras drogas, ansiedade, stresse, entre outras.
As causas mais comuns dos vómitos

Claro que nas crianças as causas são menos e mais especificas, quando falamos em causas dos vómitos nas crianças nos referimos a infecções por vírus (famosas viroses), ansiedade, intolerância a alguns alimentos, alergias, alimentos estragados, em grande quantidade ou em porções demasiado grandes... estas situações levam o corpo da criança a criar um escape, uma fuga, para se livrar dessa causa acabando por vomitar e apesar de ser uma sensação terrível, na maioria das vezes, traz uma sensação de alivio.

No bebé um vômito é a saída de conteúdo alimentar em jacto, não confunda com o bolçar ou regurgitar comum na criança mais pequena - confira mais aqui... 

Seu rebento vomitou, ficou assustada e agora o que deve fazer?

Como o maior perigo dos vômitos é a desidratação, nosso principal objectivo é evitar que o nosso filho desidrate, então teremos que repor os líquidos e proporcionar maior equilíbrio ao seu sistema digestivo, dando-lhe tempo. Siga estas dicas:
  • faça uma pausa alimentar de 1 a 2 horas (alimentos sólidos)
  • forneça água ou solução de reidratação oral (pode comprar na farmácia) com uma colher na seguinte medida (5 ml - uma colher de sobremesa de 5 em 5 minutos)

Ok, bebeu um copo de água ou solução de reidratação oral, parou de vomitar, podem então retomar sua alimentação normal, evitando os alimentos açucarados e com gordura.

Notas muitos importantes:

Depois desta estratégia de sucesso, seu filho continuou vomitando, e chegou a hora de voltar a perguntar...

O meu filho não pára de vomitar - e agora o que faço?

Pois seu desespero está no limite... mas nestas situações devemos retomar o esquema da pausa alimentar e reintrodução fraccionada de líquidos como falei em cima, se lembre que o importante é hidratar o bebé (repor os líquidos perdidos). Claro que pode chegar a uma altura que deve recorrer ao seu médico, estas são as situações que a devem fazer recorrer ao seu médico:
  • recusa na ingestão de líquidos
  • vómitos muito seguidos
  • vómitos com sangue
  • febre
  • sinais de desidratação (fralda seca, olhos encovados, pele pálida e seca, língua e lábios secos, choro sem lágrimas, pele seca e pálida, prostração, irritabilidade e sonolência)
  • dores de barriga
  • quadro de diarreia associado
  • manchas na pele criança com menos de 4 meses
  • criança com doença cronica
  • ingestão de produto tóxico
  • irritabilidade excessiva
O meu filho não pára de vomitar - e agora o que faço? Causas e dicas...

E depois do vómito, devo fazer alguma dieta especial?

Depois deste episódio deve retomar sua dieta normal, privilegiando os alimentos que ele mais gosta, e a hidratação, se lembre que deve evitar os alimentos com gordura, doces, condimentados ou refrigerantes e bebidas com gás.

Descubra alguns posts relacionados

0 Comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.