-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A mulher pode ter algumas alterações vaginais devido a alterações no seu útero. O útero da mulher é um órgão que sofre ciclicamente ação dos hormonios, o que leva a ter alguma instabilidade nos seus tecidos. Os problemas mais comuns que podem afetar a mulher são os miomas, a endometriose, os tumores e a adenomiose.

O útero está revestido internamente pelo tecido endometrial, o endométrio. A adenomiose é uma doença onde passa a haver presença de tecido endometrial dentro do músculo do útero, ocorre uma migração para dentro das paredes musculares, deixa de estar somente no interior do útero.
Útero
Útero 

Os sintomas da adenomiose

Os sintomas mais comuns em situações de adenomiose são:

A adenomiose e a gravidez

A adenomiose pode ser responsável pela maior dificuldade em engravidar, embora a mulher com adenomiose possa engravidar. A presença deste problema no útero torna mais difícil a fixação do ovo após a fecundação (nidação).

Riscos na gravidez

Durante a gravidez a mulher que sofre de adenomiose tem maior risco de ter algumas complicações como abortos e hemorragias.

Tipos e causas da adenomiose

Existem dois tipos de adenomiose, de acordo com a localização do tecido que é afetada, assim que a presença de tecido endometrial for somente num local, estamos perante uma adenomiose localizada, se for mais difusa, temos uma adenomiose generalizada (mais espalhada pelo interior do tecido uterino). Clinicamente o seu médico pode classificar a adenomiose de outras formas.

As verdadeiras causas da adenomiose não são conhecidas, embora se estabeleça uma relação entre os estiramentos uterino e a adenomiose, como em situações pós gravidez, interrupções de gravidez, curretagens uterinas, cesarianas, ligaduras ou laqueação de trompas.

Tratamento para adenomiose

O tratamento da adenomiose tem como objetivos diminuir os sintomas e atuar no tecido uterino de forma a parar a progressão do tecido endometrial. As estratégias e medicamentos mais usados são:

Adenomiose e endometriose - diferenças

As principais diferenças residem no local onde cresce o tecido endometrial, no caso da adenomiose o tecido endometrial tem um crescimento no interior do músculo uterino e no caso da endometriose o seu crescimento dá-se para o exterior do útero podendo atingir outros órgãos sexuais internos. A adenomiose pode anteceder um quadro de endometriose - saiba mais sobre endometriose.

Fontes bibliográficas
tuasaude.com/adenomiose