Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

yes

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Oi gente tomei Selene por 6 meses e parei e agora meu fluxo tá irregular, alguém sabe se demora pra voltar ao normal?

Foi este pergunta que recebi no Grupo Anticoncepcional Selene® no Facebook, já tinha falado deste tema no post - Menstruação depois de parar a pílula anticoncepcionalque é um dos mais visitados aqui no blog... neste post tínhamos visto que: "Após interromper a pílula a menstruação pode demorar a surgir, dependendo de com era sua menstruação habitualmente (antes de fazer a pílula)", Carlos Edgar será que com o selene® é igual?

Menstruar depois de parar o selene®

A interrupção do selene® só deve acontecer após indicação de nosso médico, isto porque ao para deixamos logo de estar protegidos e não quero que corra riscos de gravidez desnecessários...
Menstruar depois de parar o selene®

Na paragem do selene® o mais indicado pelo médico é parar no final de uso de uma cartela, notar o sangramento de privação/ menstruação habitual na pausa e depois não retomar... o nosso corpo ao deixar de ter os hormônios elevados vai ser "obrigado" a repor os valores hormonais naturais o que pode demorar, pode por isso demorar a menstruar, a ovular... 

Mas atenção, pois ao parar deixa de estar protegida e pode engravidar, mesmo não menstruando... após o uso de um anticoncepcional hormonal o ciclo da mulher vai voltar a ficar como era antes de usar.

Agora que já conferiu o post não se esqueça de comentar e partilhar, é o melhor obrigado que me pode dar, confira também estes posts 😊
Leave A Reply
  1. Olá, pode deixar seu comentário... se lembre que a informação neste post é apenas para aumentar seu conhecimento sobre o tema... não deixe de procurar seu médico... muito obrigado... :)

    ResponderEliminar

Olá, pode deixar seu comentário... se lembre que a informação neste post é apenas para aumentar seu conhecimento sobre o tema... não deixe de procurar seu médico... muito obrigado... Carlos Edgar