11 de março de 2018

Dicionário de cereais


Os cereais fazem parte da alimentação humana desde a pré-história, o seu cultivo está associado aos maiores civilizações da história, sendo um dos fatores, que os historiadores apontam, para o aparecimento de grandes civilizações e o seu declínio.
Dicionário de cereais

Os cereais ganham especial destaque na dieta mediterrânea, roda dos alimentos, e hoje sabemos da importância e riqueza dos cereais integrais.

Nalgumas regiões do mundo a qualidade dos cereais tem sido preservada com a passagem de sementes de geração para geração... na minha aldeia não é diferente onde ainda podemos encontrar pessoas com idade que continuam a produzir os seus cereais de forma artesanal usando sementes que foram recolhendo das colheitas anteriores e que herdaram dos pais, avós... este tipo de cereais ganha especial destaque pelo valor nutricional e preservação do património genético... claro que a nível da produção estas sementes têm menor produção, sendo mais susceptíveis a pragas, mas mais adaptadas às condições climatéricas da região...

Esta produção artesanal é muito trabalhosa, com regas e procedimentos para garantir que o cereal seque e fique em condições de conservação durante muitos meses.

Dicionário de cereais

Tipos de cereais

Arroz – um dos cereais mais consumidos nu mundo, podendo ser encontrado em grão, farinha, flocos, tufado... é um cereal sem glúten base da culinária oriental que está disponível na forma integral, semi-integral ou refinado (branco).

Aveia cereal que pode ser consumido em focos, farinha ou bebidas vegetais. É um cereal sem glúten.
Dicionário de cereais - Aveia

Centeio – cereal mais escuro, muito usado na confecção do pão (pão escuro), é um cereal com glúten.

Cevada – ingrediente base na confecção da cerveja, podendo ser consumido em flocos, grão, farinha ou bebida vegetal. É um cereal com glúten.

Espelta ou trigo vermelho – trigo ancestral usado como primeiro cereal na confecção do pão, é um cereal com glúten, que pode ser encontrado em farinha ou grão.

Farro - cereal ancestral, com glúten, semelhante à cevada.
Dicionário de cereais - Farro
Kamut – cereal ancestral com glúten, que pode ser encontrado sob a forma de farinha ou bebida vegetal.

Milho – cereal muito usado na alimentação humana, tendo também outras utilizações. É um cereal sem glúten que pode ser consumido em forma de sêmola, farinha ou grão.

Millet ou milho painço – cereal muito utilizado nas regiões africanas menos férteis é também um cereal sem glúten.
Dicionário de cereais - Millet ou milho painço

Teff – cereal de origem etíope, sem glúten e que pode ser encontrado soba forma de farinha.

Trigo – é um dos cereais mais presentes na alimentação dos seres humanos. É um cereal com glúten que pode ser consumido em grão, farinha, flocos ou mesmo através de derivados, como o bulgur e o cuscuz.

Pseudo-cereais

Os pseudo-cereais são sementes com características nutricionais semelhantes aos cereais, por isso resolvi inclui-los neste post... as suas vantagens em relação aos cereais são:
  • ausência de glúten
  • possuírem proteína completa

Os pseudo-cereais que podemos encontrar nas prateleiras do supermercado são:
  • amaranto
  • quinoa
  • trigo sarraceno

Espero ter ajudado com mais este post, não se esqueça de conferir os posts relacionados, muito obrigado por continuar lendo os posts... 😊

Descubra alguns posts relacionados

1 comentário:

  1. Olá, pode deixar seu comentário... se lembre que a informação neste post é apenas para aumentar seu conhecimento sobre o tema... não deixe de procurar seu médico... muito obrigado... :)

    ResponderEliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.