19 de março de 2017

Engravidar com a pílula do dia seguinte



A pílula do dia seguinte é uma solução de recurso que devemos usar numa segunda fase após falha do nosso método anticoncepcional, como é uma solução de recurso deve ser usada para evitar riscos de gravidez, nas horas seguintes à relação.

Esta utilização que falei é o ideal e é a que está aconselhada, a pílula do dia seguinte é um anticoncepcional de emergência indicado quando temos uma relação de risco e nosso método anticoncepcional falhou (por exemplo rompimento do preservativo, esquecimento, diarreia ou vômitos após tomar a sua pílula). Claro que também está indicada quando temos uma relação sem proteção, mas pelos maiores riscos de falha e gravidez deve sempre se proteger com anticoncepcional.
Engravidar com a pílula do dia seguinte

Engravidar com a pílula do dia seguinte

Após a relação tem 3 a 5 dias para fazer a pílula do dia seguinte e se proteger de uma gravidez, estas duas opções revelam dois tipos diferentes de pílula do dia seguinte, a pílulas com levonorgestrel e a pílula com acetato de ulipristal.


Pílulas com levonorgestrel
A pílula do dia seguinte com levonorgestrel deve ser feita até 72 horas após a relação desprotegida, sendo indicado que a faça o mais cedo possível, pois sua eficácia é maior nas primeiras 24 horas, após a relação. As pílulas com levonorgestrel podem ser usadas durante a amamentação.

Pílula com acetato de ulipristal

A pílula do dia seguinte com acetato de ulipristal deve ser feita até 5 dias depois da relação. Sua eficácia é maior se a mulher estiver no seu período fertil.

Algumas mulheres acabam por referir que usaram a pílula do dia seguinte, mas acabaram por engravidar, mas será que a pílula do dia seguinte é menos eficaz nalgumas mulheres?

A minha experiência e contacto com todas vos levou-me a reunir os principais motivos que estão por trás desta "falha" da pílula do dia seguinte, descubra-os:

1) A mulher que não usa anticoncepcional

A mulher que não usa anticoncepcional nas relações tem mais riscos de gravidez, mesmo usando a pílula do dia seguinte.

2) A mulher vomitou ou teve diarreia após tomar a pílula

A mulher que tome a pílula do dia seguinte se tiver diarreia (fezes liquidas) ou vómitos nas 3 a 4 horas seguintes à toma do comprimido tem mais riscos de falha da pílula do dia seguinte, nesta situação deve fazer outra pílula do dia seguinte.
Engravidar com a pílula do dia seguinte

3) A mulher usou alguns medicamentos que interferem

Alguns medicamentos pode interferem com a eficácia da pílula do dia seguinte tais como ritonavir, fenitoina,carbamazepina, fenobarbital (barbitúricos), primidona, topiramato, oxcarbazepina, rifampicina, e hipericão.

4) A mulher fez a pílula muitas horas depois da relação

A pílula do dia seguinte (levonorgestrel) tem menor eficácia se for usada no 2° ou 3° dia após a relação (descubra mais sobre a eficácia da pílula do dia seguinte).

5) A mulher estava no seu período fertil

Se a mulher tiver no período fertil a pílula do dia seguinte (levonorgestrel) pode ter menor eficácia, descubra mais neste post - Que pílula do dia seguinte devo usar durante meu período fertil?.
Engravidar com a pílula do dia seguinte

6) A mulher teve relações após tomar a pílula

Se teve relações após tomar a pílula do dia seguinte, não vai estar protegida, pois a pílula do dia seguinte só protege das relações anteriores à toma da pílula do dia seguinte.

Descubra alguns posts relacionados

6 comentários:

  1. Olá,tomo anticoncepcional a alguns meses, porém no último mês tomei com muitas falhas, então interrompi a cartela e iniciei outra corretamente. Após tomar a nona pílula da nova cartela tive relações com camisinha, mas receio que meu parceiro tenha passado a mão suja de líquido lubrificante em mim. Como não sabia se o anticoncepcional já estava fazendo efeito e faltava um dia para iniciar meu período fértil tomei pílula do dia seguinte umas duas horas após o ocorrido. Com todas essas variáveis é possível que tenha ocorrido alguma coisa? Ou posso ficar tranquila?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, após 9 dias seguidos de pílula, iniciando no 1° dia da menstruação, já está protegida, ando por aqui... :)

      Eliminar
  2. Dr. tomo perlutan a mais de 1 ano, se eu tiver relação no meu período fértil, preciso tomar a pilula do dia seguinte ? pois fiquei em duvida, mulheres que tomam comprimido não tem período fértil, o mesmo com a injeção ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ao tomar perlutan sem falhas não tem período fertil, pode ficar tranquila, ando por aqui... :)

      Eliminar
  3. Olá, fiz esta pergunta em outro post, mas não recebi resposta...Nos últimos 4 meses não tomei o anticoncecional corretamente, tomei antibióticos, tive esquecimentos e interrompia a cartela antes do final, mas nunca parei totalmente e nunca fiz uma pausa maior que 4 dias. Este mês iniciei uma nova no primeiro dia da menstruação e após 8 dias tomando sem falhas tive relação desprotegida. Li que o remédio demora 7 dias para repor o efeito novamente depois do esquecimento, mas isto se encaixa no meu caso que tomei com falhas durente os últimos meses? Eu já estava protegida na minha relação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim já estava, pois apesar das falhas que teve, reiniciou no 1° dia da menstruação e tomou 8 dias seguidos, mantenha, se precisar ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... não revele nenhum dado ou informação confidencial no seu preenchimento.