quarta-feira, setembro 14, 2016

A pílula do dia seguinte - levonorgestrel 1.5

A pílula do dia seguinte - levonorgestrel 1.5

Os métodos de contracepção de emergência são contraceptivos de recurso quando o nosso método contraceptivo habitual falha. Estão indicados quando temos uma relação de risco ou nosso método habitual falhou, por exemplo quando o preservativo rompe ou temos um esquecimento da pílula. Devem por isso ser usados como uma solução de recurso.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 - ebook de carlos edgar

Tipos de contraceptivos de emergência disponíveis

Atualmente a mulher tem ao seu dispor 3 tipos de contraceptivos de emergência, a pílula do dia seguinte com levonorgestrel 1.5 (também está disponível nesta dosagem mas em duas tomas - dois comprimidos), a pílula do dia seguinte com acetato de ulipristal e o DIU - Dispositivo Intra Uterino.

A pílula do dia seguinte com levonorgestrel 1.5

A pílula do dia seguinte com levonorgestrel 1.5 deve ser usada até 72 horas depois da relação, ou seja 3 dias, sendo aconselhado ser tomada o mais cedo possível para aumentar sua eficácia.

A pílula do dia seguinte com levonorgestrel 1.5 mg



A pílula do dia seguinte com acetato de ulipristal deve ser usada até 120 horas depois da relação, ou seja 5 dias.


O DIU pode ser usado como método contraceptivo de emergência se for colocado 5 dias após a relação de riscos ou nos 5 dias seguintes à data da ovulação, ao implantar o DIU no interior do útero, o médico garante que sua cavidade uterina vai ficar ocupada impedindo desta forma a implantação do ovo.

DIU - Dispositivo Intra Uterino

Nota: o método de Yuzpe foi usado durante muito tempo como método contraceptivo de emergência, neste método a mulher faz uma quantidade determinadas de comprimidos para evitar a gravidez. Como tem menor grau de eficácia e maiores riscos de efeitos secundários tem vindo a ser abandonado.




A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5

A pílula levonorgestrel 1.5 é um contraceptivo de emergência que deve usar até 72 horas após a relação não protegida ou se o seu método contraceptivo habitual falhar. As indicações para o seu uso são:
  • não utilização de contracepção durante as relações sexuais 
  • falha do contraceptivo 
A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 - ebook de carlos edgar


Antes de usar a levonorgestrel 1.5

Como atua a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 impede que os seus ovários libertem óvulos, prevenindo que os espermatozoides consigam fecunda-los. Os estudos revelam que se estiver no período fertil ou mesmo já grávida a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 mg não a vai proteger.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 só garante proteção das relações que ocorram antes da toma do comprimido, se tiver relações após a toma do comprimido tem riscos de gravidez.

Que cuidados deve ter antes de usar a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 está contra-indicada nas mulheres que são alérgicas ao levonorgestrel ou a outro excepiente do comprimido, nas mulheres que desconfiam ou que estão grávidas, se sofrem de doença de Crohn ou outra doença intestinal, de problemas graves de fígado, com antecedentes de gravidez ectópica, de salpingite (inflamação das trompas de Falópio) ou risco de ter contraído uma doença sexualmente transmissível.

A eficácia da pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5

A eficácia da pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 vai reduzindo com o tempo decorrido após a relação, por isso é importante tomar o mais próximo possível da relação, os ensaios clínicos demonstraram que a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 tem a seguinte eficácia:
  • toma até às 24 horas, após a relação - eficácia de 95%
  • toma entre as 24 e 48 horas, após a relação - eficácia de 85%
  • toma entre as 48 e 72 horas, após a relação - eficácia de 58%
  • toma depois das 72 horas (3 dias) - não é eficaz

A toma da pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 após as 48 horas, da relação desprotegida, tem uma eficácia mais reduzida, cerca de 58%.


Os estudos revelaram que a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 tem menor eficácia e não protege de uma gravidez se for usada no período fertil. Esta falta de eficácia deve-se ao aumento da LH, pois no período fertil há um pico da sua concentração e com o pico de LH a decorrer, a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 não é eficaz e não protege a mulher.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e a obesidade

Os estudos revelam indícios de que a pilula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 pode ser menos eficaz em mulheres com índice de massa corporal (IMC) elevado, apesar destes indícios o uso da pilula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 é recomendado mesmo em mulheres obesas.

Fazer a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 durante a amamentação

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 pode ser usada durante a amamentação, não tem riscos para o bebé.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e os outros medicamentos

Alguns medicamentos podem interferir com a eficácia da pilula do dia seguinte levonorgestrel 1.5, tais como barbitúricos e outros medicamentos para a epilepsia (primidona, fenitoína e carbamazepina), medicamentos para tratar a tuberculose (rifampicina e rifabutina), tratamentos para a infeção pelo VIH (ritonavir), medicamentos para infeções por fungos (griseofulvina), Erva de São João (Hypericum perforatum) e ciclosporina.

Posso tomar mais que uma pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 por mês

Sim pode, a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 é bem tolerada e a sua composição hormonal é das mais seguras (levonorgestrel).

Quais os riscos de fazer mais que uma pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 em dias seguidos

Ao usar mais que uma em pouco tempo tem maiores riscos de notar efeitos adversos, no entanto deve-se lembrar que é uma opção de segunda linha. Deve usar um anticoncepcional convencional, que tem maior eficácia.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 - ebook de carlos edgar


Depois de usar a levonorgestrel 1.5

Como sei se pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 funcionou?

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 não tem que dar sinais para provar que funcionou, a melhor forma de garantir que ela funciona é tomá-la o mais cedo possível, de preferência logo após a relação de risco, para que a sua eficácia seja a maior possível (toma até às 24 horas, após a relação tem uma eficácia de 95%).

Após tomar a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 pode notar ou não efeitos adversos, os efeitos adversos podem surgir e não provam que a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 fez efeito, pois não surgem frequentemente.

Efeitos secundários da pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5

Efeitos secundários muito frequentes de levonorgestrel 1.5: náuseas, hemorragias irregulares, cansaço, dores de cabeça e dor na região inferior do abdómen.

Efeitos secundários frequentes de levonorgestrel 1.5: vómitos, alterações na menstruação, seios doridos, tonturas e diarreia.

Efeitos secundários muito raros de levonorgestrel 1.5: urticária, prurido ou coceira e inchaço ou edema da face.

Se voltar a ter relações a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 protege-me?

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 que tomar não a vai proteger das relações posteriores, se voltar a ter relações após a toma da pílula tem riscos, deve nesse caso usar outra pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5.

E se tiver já grávida? vai trazer problemas para o meu bebé?

Se tomar a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e estiver grávida não tem riscos, deve é informar seu médico. A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 não deve ser tomada se desconfiar que está grávida.

Posso ficar infértil?

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 não altera a fertilidade da mulher, as causas descritas para a infertilidade da mulher são:
  • alterações ou malformações dos órgãos reprodutores
  • ciclos menstruais irregulares
  • alterações ou deficits hormonais
  • ovários poliquisticos
  • endometriose
  • alterações na produção dos óvulos ou espermatozoides
  • alterações dos cromossomas
  • disfunção eréctil
  • idade do casal
  • pouca frequência das relações sexuais
  • consumo de bebidas alcoólicas
  • consumo de tabaco
  • consumo e drogas e medicamentos
  • obesidade (IMC >29)
  • baixo peso (IMC <19)
  • alimentação
  • sequelas de doenças
  • tumores
  • história de aborto ou interrupção de gravidez (IVG)
  • qualidade e quantidade do muco cervical
  • miomas uterinos
  • estresse
  • ansiedade
  • causas ambientais (exposição a químicos e radiações)
  • causas desconhecidas
A pílula do dia seguinte - levonorgestrel 1.5

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 interfere com os resultados dos testes de gravidez?

Não interfere, pode fazer os testes de gravidez sem receio, que não sofrem interferência.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e os vómitos

A mulher que toma a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 se tiver um vómito nas 3 horas seguintes à toma deve tomar outra pílula, pois o efeito fica comprometido.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e a diarreia

A mulher que toma a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 se tiver uma diarreia nas 3 horas seguintes à toma deve tomar outra pílula, pois o efeito fica comprometido.

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 e a menstruação

A pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 pode levar a alterações na menstruação seguinte podendo ocorrerem atrasos ou pequenos adiamentos da menstruação, em relação à data habitual. Se tiver um atraso de mais de 5 dias deve fazer um teste de gravidez e falar com o seu médico. É comum a mulher notar sangramentos antes da menstruação (confira efeitos adversos).

Recentemente alguns estudos revelaram que na maioria das mulheres a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 não altera seu ciclo menstrual (menstruação).

E depois de usar a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 como me devo proteger?

Depois de usar a pílula do dia seguinte levonorgestrel 1.5 deve manter sempre o uso de seu anticoncepcional para repor a protecção mais rapidamente possível, normalmente precisamos de 7 dias de uso do nosso anticoncepcional hormonal para repor a protecção. Durante esses 7 dias deve usar preservativo ou evitar as relações (abstinência).


Fontes bibliográficas
Partilhe

4 comentários:

  1. Olá boa noite!! estava a pesquisar sobre a minha pilula e sobre opiniões da mesma e acabei encontrando a sua página, fiquei a perceber que é ou era enfermeiro e que ajuda muitas pessoas por aqui, a esclarecer muitas das suas dúvidas.. fiquei impressionada, pois é raro haver quem tenha este tipo de trabalho diário e que requer também bastante conhecimento sobre o assunto, por isso decidi comentar e felicita-lo pelo seu excelente trabalho por aqui!
    Acabei por esclarecer a minha própria dúvida num outro comentário de outra mulher, e realmente foi uma ajuda. Acho importante promover este tipo de ajuda, pois no que toca a sexualidade há muita gente que ainda tem tabus e se sente mais à vontade procurando ajuda neste tipo de páginas e plataformas online.

    Mas bem, para além de querer felicitar o seu trabalho, o que me fez comentar foi por querer uma opinião também em relação à sua profissão, talvez me possa ajudar de certa forma!

    Eu sempre tive o sonho de ser enfermeira, e vendo este seu trabalho me inspirou bastante. Sou brasileira mas vivo em portugal à muito tempo. O que acontece é que até hoje nunca consegui concretizar o meu sonho, trabalho na área da estética e sempre que penso que nada é impossível e que talvez me candidatando à faculdade poderia ainda realizar o meu sonho, logo acabo por perder a motivação e nunca vou em frente. Pois não tenho bases nas matérias necessárias para os exames e também não sei bem como funciona a entrada nas faculdades para pessoas com a minha idade, 27 anos.

    Será possível uma pessoa ingressar nessa área sem nunca ter estudado ciências e matemática antes? é que sempre me disseram que não, e que por isso seria uma bobeira e perda de tempo tentar.

    Sei que este comentário possa ser diferente de tudo o que era suposto, mas como é alguem da area e eu nao conheço ninguem a quem possa perguntar isto, achei que talvez podesse me aconselhar ou dizer se é completamente ridiculo aquilo que estou a dizer!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim é possível, em Portugal há um programa de acesso para pessoas maiores de 23 anos em que a pessoa tem uma preparação especifica para ter acesso, é só consultar as páginas de internet de uma escola de enfermagem da sua área de residência, não vai ser fácil mas o principal já tem consigo... a motivação... ando por aqui... :)

      Eliminar
  2. Boa noite, doutor. Gostaria de saber se eu, tomando o anticoncepcional corretamente, fico desprotegida de alguma forma por conta de o meu namorado estar fazendo um tratamento com um antibiótico que afeta a eficácia do meu anticoncepcional. Corro algum risco mesmo o tratamento sendo nele e não em mim? Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não tem esse risco, se tomar sem falhas estão protegidos, pois o antibiótico vai actuar no corpo dele... ando por aqui... :)

      Eliminar

Obrigado por colocar o seu comentário... proteja a sua privacidade.