-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Como todos os medicamentos as pílulas também podem causar alguns efeitos secundários, que resultam da sua acção no nosso corpo, os efeitos secundários podem se caracterizar por efeitos:
  • muito frequentes
  • frequentes
  • pouco frequentes
  • raros
Pílula vs efeitos secundários

Esta divisão revela qual o grau de probabilidade de um efeito secundário surgir, assim:
  • se falarmos em muito frequentes são efeitos que podem surgir em mais de 1 mulher em cada 10 que usa durante 1 ano
  • se falarmos em frequentes são efeitos que podem surgir em mais de 1 mulher em cada 100 que usa durante 1 ano
  • se falarmos em pouco frequentes são efeitos que podem surgir em mais de 1 mulher em cada 1000 que usa durante 1 ano
  • se falarmos em raros são efeitos que podem surgir em mais de 1 mulher em cada 10.000 que usa durante 1 ano
Pílula vs efeitos secundários

Como pode conferir a probabilidade da pílula causar efeitos secundários é muito baixa, apesar disso não posso deixar de listar alguns desses efeitos. Confira...


Os efeitos secundários que a pílula pode causar são:

Efeitos secundários da pílula muito frequentes

Dores de cabeça e hemorragias intermenstruais. 
Pílula vs efeitos secundários


Retenção de líquidos, inchaço, náuseas, vómitos, dores de barriga, alterações do peso corporal (aumento ou diminuição), alterações do humor, incluindo depressão, alterações do desejo sexual, nervosismo, tonturas, acne, dor mamária e sensibilidade mamária aumentada, aumento do volume mamário, secreção mamária, menstruações dolorosas, diminuição ou falta da menstruação, alterações na secreção vaginal, vaginite e candidíase

Efeitos secundários da pílula pouco frequentes

Aumento da tensão arterial, alterações dos níveis das gorduras no sangue, cólicas abdominais, distensão abdominal, alterações do apetite (aumento ou diminuição) manchas castanhas na pele e aumento ou queda de cabelo. 


Urticária, intolerância à glucose, diminuição dos níveis dos folatos, icterícia, agravamento das varizes e intolerância às lentes de contacto.
Pílula vs efeitos secundários

Gostaria ainda de alertar para o facto do surgimento dos efeitos secundários não ser sinal que a pílula deixou de funcionar, pelo contrário, o surgimento prova que a pílula está atuando em nosso corpo. Desde que tome a pílula, como seu médico recomendou ou como está inscrito na carteira, vai estar protegida. Pode confiar... obrigado por continuar lendo os posts... 😊

Conclusão: a pílula vs efeitos secundários - o surgimento de efeitos secundários quando usamos a pílula são raros, traduzindo o efeito da pílula no nosso corpo.

Descubra alguns posts relacionados