-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page


Bem vindas a mais um post, para iniciar esta semana de posts vou relembrar os medicamentos que podem interferir com os diversos anticoncepcionais, de fora vou deixar os anticoncepcionais barreira como o preservativo e o DIU de cobre.
O que corta o efeito do anticoncepcional

Para nos protegermos da gravidez indesejada não basta tomarmos o anticoncepcional como é recomendado, algumas situações podem interferir com sua proteção, como os vômitos, diarreia, esquecimentos, atrasos e claro alguns medicamentos.

Vou então resumir os medicamentos que podem afectar cada anticoncepcional, confira também o video correspondente que poderá encontrar no meu canal de Youtube.

O que corta o efeito do anticoncepcional

O que corta o efeito do anticoncepcional oral combinado

Os medicamentos que podem interferir com a pílula anticoncepcional hormonal combinada, são a carbamazepina, griseofulvinaoxcarbazepina, etosuximida, fenobarbital, fenitoina, primidona, lamotrigine, rifampicina, ritonavirhipericão e topiramato (doses diárias maiores de 200 mg).

O que corta o efeito do anticoncepcional oral sem estrogénios

Os medicamentos que podem interferir com a acção da pílula anticoncepcional oral sem estrogénios são o ritonavir, fenitoinacarbamazepina, fenobarbital (barbitúricos), primidona, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), oxcarbazepina, rifampicina, e hipericão.


Os medicamentos que podem interferir com o implante hormonal são o ritonavir, fenitoina, carbamazepina, fenobarbital (barbitúricos), primidona, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), oxcarbazepina, rifampicina, e hipericão.

O que corta o efeito do anticoncepcional vaginal (anel hormonal)

O anel hormonal pode sofrer interferência com os seguintes medicamentos carbamazepina, griseofulvinaoxcarbazepina, etosuximida, fenobarbital, fenitoina, primidona, lamotrigine, rifampicina, ritonavir, hipericão e topiramato (doses diárias maiores de 200 mg).
O que corta o efeito do anticoncepcional vaginal (anel hormonal)

O que corta o efeito do anticoncepcional DIU/ SIU hormonal

Os medicamentos que podem interferir com o DIU/ SIU hormonal são o ritonavir, fenitoina, carbamazepina, fenobarbital (barbitúricos), primidona, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), oxcarbazepina, rifampicina, e hipericão.
O que corta o efeito do anticoncepcional DIU/ SIU hormonal

O que corta o efeito do anticoncepcional injetável

O anticoncepcional injetável podem perder sua eficácia com os medicamentos carbamazepina, fenitoina, fenobarbital, griseofulvina, primidona, oxcarbazepina, felbamato, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), rifampicina, ritonavir e hipericão.


O adesivo hormonal pode sofrer interferência com os seguintes medicamentos carbamazepina, griseofulvinaoxcarbazepina, etosuximida, fenobarbital, fenitoina, primidona, lamotrigine, rifampicina, ritonavir, hipericão e topiramato (doses diárias maiores de 200 mg).
O que corta o efeito do anticoncepcional transdérmico (adesivo hormonal)

Descubra alguns posts relacionados