-->



Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

Por Carlos Edgar - contacto

Os anticoncepcionais injetáveis são contraceptivos de média duração, indicados para as mulheres que querem se proteger da gravidez sem precisar de tomas diárias ou aplicações semanais do anticoncepcional.

No mercado existem anticoncepcionais injetáveis combinados, com estrogénios e progesterona, e sem estrogénios (somente com progesterona), que podem também ser usados durante a amamentação.

Os anticoncepcionais injetáveis podem ser feitos mensalmente, de 30 em 30 dias, ou trimestralmente, de 90 em 90 dias.

Alguns anticoncepcionais injetáveis mensais disponíveis:
O que corta o efeito do anticoncepcional injetável?

Alguns anticoncepcionais injetáveis trimestrais disponíveis:

A eficácia dos anticoncepcionais injetáveis é elevada, desde que a mulher a faça sem atrasos, como é recomendado, e senão usar alguns medicamentos que podem cortar seu efeito.

O que corta o efeito do anticoncepcional injetável?

O uso de alguns medicamentos pode cortar o efeito do seu anticoncepcional injetável, tais como carbamazepina, fenitoina, fenobarbital, griseofulvina, primidona, oxcarbazepina, felbamato, topiramato (doses diárias maiores de 200 mg), rifampicina, ritonavir e hipericão.
O que corta o efeito do anticoncepcional injetável?

Gostaria ainda de relembrar os medicamentos que podem interferir com a pílula anticoncepcional, para fazer a comparação, carbamazepina, griseofulvina, oxcarbazepina, etosuximida, fenobarbital,fenitoina, primidona, lamotrigine, rifampicina, ritonavir, hipericão e topiramato (doses diárias maiores de 200 mg).

Agora que já sabe que medicamentos podem cortar o efeito do seu anticoncepcional injetável, não se esqueça de se proteger, partilhar e comentar este post... 😊

Descubra alguns posts relacionados