-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page

A pílula do dia seguinte ou pílula de emergência é um contraceptivo hormonal de segunda linha indicado na prevenção da gravidez quando o nosso anticoncepcional falha. 
Os efeitos da pílula do dia seguinte

Para ela nos proteger/ conferir maior protecção deve ser usada até 72 a 120 horas após a relação, embora o mais recomendado é que a mulher a use nas 24 horas seguintes à relação, altura que garante maior protecção. Confiar o vídeo para descobrir como a deve tomar:

Depois de usar a pílula do dia seguinte a mulher pode notar alguns efeitos, não sendo obrigatório o seu surgimento, como efeitos secundários possíveis muitas mulheres acabam mesmo por não sentir nenhum, o que quer dizer que o seu corpo reagiu bem a pílula do dia seguinte.

Como efeitos secundários possíveis o seu aparecimento surge pela acção dos principias ativos da pílula ou mesmo pelos excipientes, não devendo servir de prova em como a pílula fez efeito... para ter a certeza que a pílula do dia seguinte fez efeito deve-a tomar nas 24 horas seguintes à relação, pois nessa fase a protecção é bem grande.
Os efeitos da pílula do dia seguinte

Os efeitos da pílula do dia seguinte

Os efeitos que as pílulas do dia seguinte com levonorgestrel ou acetato de ulipristal podem causar à mulher são diferentes, confira...

Efeitos secundários ou adversos da pílula de emergência com levonorgestrel

Efeitos secundários ou adversos da pílula de emergência com levonorgestrel muito frequentes (pode afetar mais de 1 em cada 10 pessoas)
  • náuseas, hemorragias irregulares, dor na região inferior do abdómen, cansaço e dores de cabeça.

Efeitos secundários ou adversos da pílula de emergência com levonorgestrel frequentes (pode afetar até 1 em 10 pessoas)
Os efeitos da pílula do dia seguinte

Efeitos secundários ou adversos da pílula de emergência com levonorgestrel muito raros (pode afetar até 1 em 10.000 pessoas)
  • erupção na pele, comichão, inchaço da cara e menstruações dolorosas.

Efeitos secundários da pílula com acetato de ulipristal

Efeitos secundários da pílula com acetato de ulipristal frequentes
  • perturbações do humor, dor de cabeça, tonturas, náuseas, dor abdominal, desconforto abdominal, vómitos, dores musculares, dores de costas, dismenorreia, dor pélvica, sensibilidade mamária e fadiga. 

Efeitos secundários da pílula com acetato de ulipristal pouco frequentes 
Os efeitos da pílula do dia seguinte

Efeitos secundários da pílula com acetato de ulipristal raros
  • desorientação, tremores, perturbações da atenção, síncope, sensação estranha no olho, fotofobia, vertigens, garganta seca, prurido genital, dispareunia, rutura de quisto ovárico, dores vulvovaginais e sede. 

Conclusão: os efeitos da pílula do dia seguinte - sim a pílula do dia seguinte pode causar alguns efeitos, mas não são necessários para provar que ela fez efeito.

Descubra alguns posts relacionados